PCP recusa “enganar os professores” e aprovar propostas de PSD e CDS

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, recusou hoje “enganar e iludir os professores” e aprovar as propostas para a recuperação integral do tempo de serviço.

PCP recusa

PCP recusa “enganar os professores” e aprovar propostas de PSD e CDS

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, recusou hoje “enganar e iludir os professores” e aprovar as propostas para a recuperação integral do tempo de serviço.

Montemor-o-Novo, Évora, 07 mai 2019 (Lusa) — O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, recusou hoje “enganar e iludir os professores” e aprovar as propostas para a recuperação integral do tempo de serviço congelado de PSD e CDS-PP, que considerou “inadmissíveis”.

“Houve uma apreensão [do secretário-geral da Fenprof], que se compreende perfeitamente, mas a grande questão é que não podemos enganar e iludir os professores”, afirmou Jerónimo de Sousa, em Montemor-o-Novo, no distrito de Évora.

O líder comunista falava aos jornalistas no final de um almoço na Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Montemor-o-Novo, a primeira paragem de um périplo que o vai levar ainda hoje a Mora, Arraiolos e Vendas Novas, no mesmo distrito.

SYM // VAM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS