Papadopoulos estreia em Lisboa performance “Ion” sobre fenómenos naturais

O coreógrafo grego Christos Papadopoulos vai estrear o espetáculo “Ion”, inspirado em fenómenos naturais como o voo dos pássaros em bando ou as movimentações dos peixes em cardume, nos dias 16 e 17 de outubro na Culturgest, em Lisboa.

Papadopoulos estreia em Lisboa performance

Papadopoulos estreia em Lisboa performance “Ion” sobre fenómenos naturais

O coreógrafo grego Christos Papadopoulos vai estrear o espetáculo “Ion”, inspirado em fenómenos naturais como o voo dos pássaros em bando ou as movimentações dos peixes em cardume, nos dias 16 e 17 de outubro na Culturgest, em Lisboa.

Em palco, dez bailarinos vão seguir os movimentos e ritmos dos mecanismos da natureza, compondo a terceira criação de Christos Papadopoulos, considerado pela crítica uma das vozes inovadoras da nova geração de criadores surgida na última década na cidade de Atenas, na Grécia.

A performance “Ion” centra-se na microfísica do movimento, o volume de detalhes que pode derivar de um padrão cinético que permite viajar pelo campo ilimitado das relações humanas, como iões, átomos carregados eletricamente, segundo a sinopse divulgada pela programação da Culturgest.

O conceito e a coreografia são de Christos Papadopoulos, a dramaturgia de Tassos Koukoutas, e o corpo de bailarinos é composto por Nanti Gogoulou, Nontas Damopoulos, Amalia Kosma, Hara Kotsali, Giorgos Kotsifakis, Efthymis Moschopoulos, Dimitra Mertzani, Maria Bregianni, Ioanna Paraskevopoulou, e Alexis Tsiamoglou.

Papadopoulos estudou dança e coreografia na School for New Dance Development, em Amesterdão, teatro no teatro nacional grego (GNT Drama School), e ciências políticas na universidade de Panteion.

Professor de movimento e improvisação na Escola de Teatro do Conservatório de Atenas, desde 2003, é também membro fundador do grupo de dança The Lion and the Wolf.

Espetáculos como “Elvedon”, “OPUS” e “Counter Reset”, foram apresentados anteriormente em toda a Europa, tendo Papadopoulos sido convidado a integrar as equipas que criaram as coreografias de abertura dos Jogos Olímpicos de Atenas (2004), e dos Jogos Europeus de Baku (2015).

AG // TDI

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS