Pais de Maddie consideram nova pista «um insulto» e «rídicula»

A investigação da polícia britânica segue uma nova teoria na qual se supõe que Maddie McCann poderá ter sido atropelada.

Pais de Maddie consideram nova pista «um insulto» e «rídicula»

A investigação da polícia britânica segue uma nova teoria na qual se supõe que Maddie McCann poderá ter sido atropelada.
Os pais de Maddie, Kate e Gerry McCann, mostraram o seu desagrado com o regresso da polícia britânica à teoria que admite que a menina inglesa desaparecida em maio de 2007, com três anos, tendo afirmado «é insultar a nossa inteligência».
Segundo declarações de uma fonte da família ao jornal inglês ‘The Sun’, Kate e Gerry refutam a teoria perseguida pela Scotland Yard. «Kate e Gerry sempre pensaram que sua filha foi sequestrada e simplesmente não se levantou e escapou. Sugerir isso é quase ridículo. Havia venezianas pesadas impossíveis de abrir para uma criança pequena», afirmou a fonte.
«Eu sempre achei que a terceira sugestão é insultar a nossa inteligência», escreveu Kate McCann sobre a possibilidade de a pequena Maddie ter saído de casa pelo próprio pé, num livro por si publicado em 2011.
Ainda assim, os pais da menina desaparecida na Aldeia da Luz, Lagos, aceitam que a polícia investigue todos os cenários possíveis «obviamente, a polícia é obrigada a considerar todos os cenários possíveis, mas não temos dúvidas de que Madeleine não havia deixado o apartamento sozinha».
Texto: Vítor Miguel Gonçalves | WIN

Impala Instagram


RELACIONADOS