OE2020: IL diz que suplementar tem “problemas sérios”, Chega fala em “fim do estado de graça” do PS

Os deputados únicos da Iniciativa Liberal e do Chega criticaram hoje a proposta de Orçamento Suplementar, tendo João Cotrim Figueiredo defendido que tem “problemas sérios” e André Ventura considerado que “marca o fim do estado de graça do PS”.

OE2020: IL diz que suplementar tem

OE2020: IL diz que suplementar tem “problemas sérios”, Chega fala em “fim do estado de graça” do PS

Os deputados únicos da Iniciativa Liberal e do Chega criticaram hoje a proposta de Orçamento Suplementar, tendo João Cotrim Figueiredo defendido que tem “problemas sérios” e André Ventura considerado que “marca o fim do estado de graça do PS”.

Estas posições foram deixadas pelos dois deputados únicos na Assembleia da República, durante o encerramento do debate sobre a proposta de Orçamento Suplementar apresentada pelo Governo.

Pela Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo afirmou que “era quase dispensável listar os motivos” que levam o partido “a votar contra”, e assinalou que esta proposta, apresentada devido aos efeitos da pandemia de covid-19, “tem vários problemas sérios”.

Também André Ventura, do Chega, já tinha anunciado o voto contra. Para o deputado, o diploma “esquece os que estiveram na linha da frente” do combate à doença, como professores, profissionais de saúde ou forças de segurança.

“Há quem diga que este orçamento tem graça, ele só tem graça numa coisa, é que ele marca o fim do estado de graça do Partido Socialista”, salientou, alegando que o Governo liderado por António Costa levará o país “à maior crise de que há memória”.

 

FM // JPS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS