Obra de David Hockney bate recorde de vendas em leilão

Obra de David Hockney bate recorde de vendas em leilão

Uma obra do pintor britânico David Hockney foi vendida na quinta-feira em leilão, em Nova Iorque, por quase 80 milhões de euros, um valor recorde para um artista ainda vivo, revelou a leiloeira Christie’s.

Intitulada “Portrait of an Artist (Pool With Two Figures)”, de 1972, esta é considerada uma das obras mais importantes de David Hockney, de 81 anos, e foi vendida em leilão por 90,3 milhões de dólares, ou seja, 79,7 milhões de euros, numa disputa que durou cerca de dez minutos.

Fica assim batido o recorde do leilão de uma obra de arte de um artista ainda vivo, superando os 51,5 milhões de euros da venda de “Balloon Dog”, do norte-americano Jeff Koons, em 2013.

A Christie’s não revelou a identidade do comprador.

Na quinta-feira, no mesmo leilão, uma outra obra de David Hockney, “Sprungbrett mit Schatten (Paper Pool 14)”, pintada em 1978, foi vendida por 6,7 milhões de euros.

Nascido em Bradford, em 1937, David Hockney é hoje considerado um dos mais importantes nomes da arte britânica do século XX. Em 2017, a Tate Britain realizou uma grande retrospetiva por ocasião dos 80 anos dele, com mais de 200 obras.

Na exposição revelava-se a fase inicial da carreira, passando pela grande série de piscinas californianas de finais dos anos 1960 e pelos grandes retratos duplos dos anos 1970, para terminar nas paisagens luminosas de Yorkshire e da Califórnia.

SS/(CP) // MAG

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Obra de David Hockney bate recorde de vendas em leilão

Uma obra do pintor britânico David Hockney foi vendida na quinta-feira em leilão, em Nova Iorque, por quase 80 milhões de euros, um valor recorde para um artista ainda vivo, revelou a leiloeira Christie’s.