Óbito/Sampaio: BE enaltece “figura central da democracia” que “soube fazer pontes à esquerda”

A coordenadora do BE, Catarina Martins, lamentou hoje a morte de Jorge Sampaio, “figura central da democracia”, que “soube fazer pontes à esquerda” e que lutou sempre por um Portugal “aberto, cosmopolita, solidário e defensor dos direitos humanos”.

Óbito/Sampaio: BE enaltece

Óbito/Sampaio: BE enaltece “figura central da democracia” que “soube fazer pontes à esquerda”

A coordenadora do BE, Catarina Martins, lamentou hoje a morte de Jorge Sampaio, “figura central da democracia”, que “soube fazer pontes à esquerda” e que lutou sempre por um Portugal “aberto, cosmopolita, solidário e defensor dos direitos humanos”.

O antigo Presidente da República Jorge Sampaio morreu hoje aos 81 anos, no hospital de Santa Cruz, em Lisboa.

Numa declaração aos jornalistas desde a sede do Bloco de Esquerda (BE), em Lisboa, Catarina Martins transmitiu as “mais sentidas condolências à família de Jorge Sampaio, aos seus amigos, a quem lhe era mais próximo e ao Partido Socialista”.

“Jorge Sampaio é uma figura central da democracia portuguesa. Foi líder da revolta estudantil de 62, advogado de presos políticos, teve uma participação ativa no 25 de Abril e depois da revolução soube fazer pontes à esquerda que permitiram projetos novos para o país, que o levaram às vitórias na Câmara de Lisboa e como Presidente da República”, enalteceu.

Na perspetiva de Catarina Martins, Sampaio “foi até ao último dos seus dias um lutador por esta ideia de um Portugal aberto, cosmopolita, solidário, defensor dos direitos humanos”.

JF // FPA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS