Óbito/Eunice Muñoz: Jorge Moreira da Silva adia para 4ªfeira lançamento da candidatura a líder do PSD

O antigo ministro social-democrata Jorge Moreira da Silva adiou para quarta-feira o lançamento da sua candidatura à liderança do PSD em virtude das cerimónias fúnebres da atriz Eunice Muñoz, que vão decorrer na segunda e terça-feira.

Óbito/Eunice Muñoz: Jorge Moreira da Silva adia para 4ªfeira lançamento da candidatura a líder do PSD

Óbito/Eunice Muñoz: Jorge Moreira da Silva adia para 4ªfeira lançamento da candidatura a líder do PSD

O antigo ministro social-democrata Jorge Moreira da Silva adiou para quarta-feira o lançamento da sua candidatura à liderança do PSD em virtude das cerimónias fúnebres da atriz Eunice Muñoz, que vão decorrer na segunda e terça-feira.

A sessão de apresentação da candidatura à liderança do PSD de Jorge Moreira da Silva, que estava prevista para segunda-feira, ocorrerá antes na quarta-feira, pelas 11:00, no Parque Florestal de Monsanto, em Lisboa.

Numa nota hoje divulgada, Jorge Moreira da Silva, que foi ministro do Ambiente e primeiro vice-presidente do PSD sob a liderança de Pedro Passos Coelho, diz acompanhar “o sentir de todos os portugueses” em relação à atriz Eunice Muñoz, que morreu na sexta-feira.

“Presto homenagem a Eunice Muñoz, neste tão triste momento da sua partida. Era, não apenas uma atriz extraordinária e uma defensora ímpar da língua portuguesa, mas também uma das raras personalidades a conseguir unir – pelas suas qualidades humanas e artísticas – todos os portugueses. A cultura portuguesa perdeu uma figura maior”, escreveu Jorge Moreira da Silva.

As cerimónias fúnebres da atriz Eunice Muñoz decorrem na Basílica da Estrela, em Lisboa, na segunda e na terça-feira, seguindo depois o funeral para o Cemitério do Alto de S. João, onde o corpo será cremado.

Entre as 15:00 e 16:00 de terça-feira, será celebrada uma missa de corpo presente, na Basílica da Estrela, estando a cerimónia de cremação no cemitério prevista para as 17:00.

Eunice Muñoz morreu no Hospital de Santa Cruz, em Lisboa, aos 93 anos.

Nascida na Amareleja, no distrito de Beja, em 1928, completou em novembro 80 anos de carreira.

Várias personalidades, da cultura à política, reagiram já à morte da atriz, incluindo o Governo, que, através do Ministério da Cultura, anunciou que vai decretar luto nacional no dia do funeral da atriz.

 

PMF (CP/EJ/MAG) // SCA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS