Número de óbitos sobe para 20 após ciclone Gombe em Moçambique

O número de mortes na sequência do ciclone Gombe em Moçambique subiu de 17 para 20, indica a Organização Internacional das Migrações com base nos dados mais recentes do Instituto Nacional de Gestão de Desastres.

Número de óbitos sobe para 20 após ciclone Gombe em Moçambique

Número de óbitos sobe para 20 após ciclone Gombe em Moçambique

O número de mortes na sequência do ciclone Gombe em Moçambique subiu de 17 para 20, indica a Organização Internacional das Migrações com base nos dados mais recentes do Instituto Nacional de Gestão de Desastres.

De acordo com um boletim da OIM, nas províncias atingidas (Nampula e Zambézia) há pelo menos 400.175 pessoas afetadas, 82 feridos e 20 mortes, a par de danos em 301 escolas, 691 salas de aula e 17 centros de saúde.

Estima-se que haja 24.000 pessoas deslocadas.

De acordo com as estimativas, as casas de 77.279 famílias foram parcial ou totalmente destruídas nos bairros avaliados até agora, sendo que há locais ainda inacessíveis.

A tempestade Gombe chegou à costa moçambicana na madrugada de sexta-feira na categoria de ciclone intenso com chuva torrencial e vento de 165 quilómetros por hora, com rajadas superiores a 200.

A tempestade atingiu Moçambique três anos depois de os ciclones Idai e Kenneth terem fustigado, respetivamente, as regiões centro e norte do país naquela que foi uma das mais severas épocas chuvosas de que há memória.

EYAC // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS