Noites na Nora celebra 20 anos de “cultura como uma festa” em Serpa

Concertos da cantora portuguesa Miranda, do projeto Fado Bicha e da banda espanhola The Clams e espetáculos de teatro e ilusionismo vão animar o evento Noites na Nora, que começa na sexta-feira, em Serpa, no Alentejo.

Noites na Nora celebra 20 anos de

Noites na Nora celebra 20 anos de “cultura como uma festa” em Serpa

Concertos da cantora portuguesa Miranda, do projeto Fado Bicha e da banda espanhola The Clams e espetáculos de teatro e ilusionismo vão animar o evento Noites na Nora, que começa na sexta-feira, em Serpa, no Alentejo.

A 20.ª edição do evento, que é promovido pela Companhia de Teatro Baal17, vai decorrer até dia 20 deste mês, no Espaço da Nora e no Centro Artístico Cultura Viva, situados no centro histórico da cidade de Serpa, no distrito de Beja.

Segundo a Baal17, de Serpa, com o lema “Noites na Nora – Há 20 edições a criar momentos únicos”, a edição deste ano vai comemorar os 20 anos do evento que “celebra a cultura como uma festa”.

A programação “eclética” do Noites na Nora vai incluir quatro espetáculos de música, nove de teatro e um de ilusionismo, uma performance, seis sessões de dj e a exibição de um documentário.

A 20.ª edição do evento vai ficar “marcada” pela apresentação do “novo e ambicionado” projeto da Baal17, o Centro Artístico Cultura Viva, um espaço multidisciplinar de produção, criação e difusão cultural e artística contíguo ao Espaço da Nora.

Já há um projeto de reabilitação do edifício do centro, mas durante a edição deste ano do evento “mostra-se aos visitantes no seu aspeto cru e marcado pelo tempo de abandono” e será todo ele uma instalação artística que poderá ser visitada em grupos organizados, explica a Baal17.

O Noites na Nora vai arrancar na sexta-feira, às 21:45, com a exibição do documentário “20 NNN”, que “revisita” os espetáculos, artistas e públicos, a cultura e a festa que tornaram o evento “pioneiro” e uma “referência” entre os eventos culturais no Alentejo.

Na área da música, o evento vai incluir os concertos de Miranda, a voz da banda O’queStrada, no sábado, do projeto Fado Bicha, no dia 13, e da banda de “rhythm & soul” The Clams, no dia 20, e o espetáculo “Sete pecados musicais”, com direção musical da soprano Margarida Marecos, no dia 19, sempre a partir das 22:30, no Espaço da Nora.

Ainda na área da música, o Noites na Nora vai incluir seis sessões de dj “É pra dançar”, nomeadamente da dupla Grogue Progressivo, na sexta-feira, de Monsieur Papillon, no sábado e no dia 13, das “Good time girls”, no dia 12, de Gabi von Dub, no dia 19, e de Señor Pelota, no dia 20, sempre a partir das 00:00, no Espaço da Nora.

Na área do teatro, vão ser apresentados os espetáculos “A visita da velha senhora”, da Oficina de Teatro de Serpa, na sexta-feira, “AL Bá Blá”, da companhia AL Teatro, no domingo e no dia 20, “Há beira na revolta”, da ESTE – Estação Teatral do Fundão, no dia 10, “Anónimo”, da companhia Teatromosca, no dia 11, e “Elisa e Marcela”, da companhia A Panadaria, no dia 12.

“A lenda das amendoeiras em flor”, da companhia Teatro Extremo, e “A morte chama-se Laura”, de Cláudia Guia, João Moura, Pedro Nunes e Sara Cruz e Teresa Moura, no dia 14, “Felicidade”, do Projeto Ruínas, no dia 17, e “Iceberg, o último espetáculo”, da companhia Peripécia Teatro, no dia 18, são os outros espetáculos de teatro previstos.

O Noites na Nora vai incluir ainda o espetáculo “O quê?”, do ilusionista Zé Mágico, no domingo, no Espaço da Nora, e a performance multidisciplinar “In Between me and myself”, de Rolando Galhardas, no dia 13, no Centro Artístico Cultura Viva.

LL // MLM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS