Nenhum país consegue enfrentar sozinho as alterações climáticas – comissário europeu

O comissário Europeu para a Ajuda Humanitária e Gestão de Crises afirmou hoje que nenhum país consegue lidar sozinho com os efeitos das alterações climáticas, salientando que a única escolha é a colaboração e a preparação imediata dos parceiros europeus.

Nenhum país consegue enfrentar sozinho as alterações climáticas - comissário europeu

Nenhum país consegue enfrentar sozinho as alterações climáticas – comissário europeu

O comissário Europeu para a Ajuda Humanitária e Gestão de Crises afirmou hoje que nenhum país consegue lidar sozinho com os efeitos das alterações climáticas, salientando que a única escolha é a colaboração e a preparação imediata dos parceiros europeus.

Para Christos Stylianides, “a escolha é clara: preparar para as alterações climáticas hoje ou pagar um preço devastador”.

O comissário europeu falava em Lisboa na abertura da 4.ª Conferência Europeia de Adaptação às Alterações Climáticas (ECCA 2019), na qual destacou a importância da parceria entre os setores público e privado como o “próximo passo em frente” porque o setor público não consegue sozinho “enfrentar a enormidade deste desafio”.

Christos Stylianides lembrou os fenómenos extremos que decorrem das alterações climáticas como ondas de calor, secas prolongadas, fogos florestais, que têm posto à prova os mecanismos de proteção civil europeus, exemplo da maneira como os países podem colaborar para “não deixar ninguém sozinho em altura de desastres”.

APN/ZO // SB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS