«Não há sobreviventes» da queda de avião com 157 pessoas de 33 nacionalidades a bordo

«Não há sobreviventes» da queda de avião com 157 pessoas de 33 nacionalidades a bordo

O Boeing 737, com destino a Nairobi, capital do Quénia, despenhou-se seis minutos depois de descolar de Adis Abeba, Etiópia, com 149 passageiros e oito tripulantes a bordo.

Um avião da Ethiopian Airlines com destino a Nairobi, Quénia, despenhou-se este domingo, 10 de março, pouco depois de descolar de Adis Abeba, Etiópia, confirmou a companhia aérea. A bordo estariam 157 passageiros de 33 nacionalidades. De acordo com a Ethiopian Broadcasting Corporation, citando fonte não identificada da companhia aérea, «não há sobreviventes».

De acordo com a informação avançada pela imprensa internacional, o acidente com o avião Boeing 737 – que realizava um voo regular entre Adis Abeba e Nairobi – terá ocorrido cerca de seis minutos após a descolagem na capital da Etiópia.

O primeiro-ministro da Etiópia Abiy Ahmed foi o primeiro a confirmar a queda do avião e já manifestou na sua conta oficial no Twitter «profundas condolências a todos os que perderam os seus entes queridos» na sequência desta tragédia.

A companhia aérea confirmou que o avião perdeu contacto com a torre de controlo às 8h44 (hora local), apenas 6 minutos depois da descolagem. «Neste momento, as operações de busca e salvamento estão em andamento e não temos informações confirmadas sobre sobreviventes ou possíveis vítimas. Os trabalhadores da Ethiopian Airlines serão enviados para o local do acidente e farão todos o possíveis para ajudar os serviços de emergência», garantiu a Ethiopian Airlines, em comunicado.

«A Ethiopian Airlines está a estabelecer um centro de informações sobre os passageiros e uma linha de telefone está disponível em breve para as famílias ou amigos daqueles que poderiam estar a bordo do voo ET 302/10 Março», acrescenta ainda a companhia aérea.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para segunda-feira, 11 de março

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

«Não há sobreviventes» da queda de avião com 157 pessoas de 33 nacionalidades a bordo

O Boeing 737, com destino a Nairobi, capital do Quénia, despenhou-se seis minutos depois de descolar de Adis Abeba, Etiópia, com 149 passageiros e oito tripulantes a bordo.