Recebeu uma multa? Agora já pode tentar evitar pagar

Há uma nova forma de combater as multas de trânsito. O site Multa Zero quer ajudar os condutores portugueses a contestar as penalizações e poupar dinheiro.

Recebeu uma multa? Agora já pode tentar evitar pagar

Recebeu uma multa? Agora já pode tentar evitar pagar

Há uma nova forma de combater as multas de trânsito. O site Multa Zero quer ajudar os condutores portugueses a contestar as penalizações e poupar dinheiro.

De forma a ajudar os cidadãos comuns que sejam multados, um grupo de advogados criou o site Multa Zero. O objectivo deste projeto é ajudar os condutores a contestar multas que são, por vezes, muito onerosas e que podem retirar pontos à carta de condução. O Multa Zero afirma que quer cumprir os objectivos propostos de forma transparente, séria e exigente.

LEIA DEPOIS
Tenta abastecer o carro eléctrico e provoca gargalhadas [vídeo]

O que é o Multa Zero?

Entrevistada pelo site Tugaleaks, Diana Alves Batista, uma das advogadas do projecto, afirma que «não houve um acréscimo das multas de trânsito nos últimos anos». E também que «não se pode dizer que haja uma caça à multa». Questionada sobre se existem autos incorrectos e injustos para os condutores, a advogada revela que as pessoas «acatam a decisão da autoridade de trânsito e nem sequer questionam o auto». Consideram, diz, ser «impossível contestar a ANSR». Porém, «os condutores têm direito à defesa e têm boas hipóteses de serem bem sucedidos nessa defesa», refere. Há, aliás, autos com «irregularidades e lapsos que só um bom conhecedor do Código da Estrada sabe detectar» e que esse é o objectivo do projeto Multa Zero.

Resposta ao autuados «em menos de 24 horas»

A responsável promete ainda celeridade nos processos. «Em menos de 24 horas», haverá resposta aos automobilistas autuados. O website «permite ao condutor enviar de forma instantânea o auto para podermos dar início imediato à defesa perante a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária». O serviço de apoio não é gratuito. Mas poderá, em determinados casos, ajudar a combater multas erradas ou injustas e o pagamento de verbas que poderão ser mais pesadas.

LEIA MAIS
Mulher atacada em bar por dois homens [vídeo]
Segurança pontapeia jovem na cabeça à porta do McDonald’s [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS