Mulher mata homem e é vista como «heroína» pela Polícia

Uma mulher da Carolina do Sul matou a tiro um criminoso que fugiu da prisão e que a ameaçou em sua casa. Polícia fala em acto de heroísmo.

Mulher mata homem e é vista como «heroína» pela Polícia

Mulher mata homem e é vista como «heroína» pela Polícia

Uma mulher da Carolina do Sul matou a tiro um criminoso que fugiu da prisão e que a ameaçou em sua casa. Polícia fala em acto de heroísmo.

Bruce McLaughlin fugiu da prisão após atacar dois guardas prisionais e, pouco tempo depois dos alarmes soarem, uma mulher ligou para a linha de emergência afirmando que tinha disparado um homem que tinha entrado em sua casa. O fugitivo, que foi acompanhado por outro prisioneiro, Timothy Dill, premeditou a evasão e tinha tudo planeado, segundo avança a estação ‘CBC News’. McLaughlin foi condenado por roubo em primeiro grau, enquanto Dill cumpria uma pena por ataque sexual a menores.

LEIA DEPOIS
7 youtubers que cometeram crimes horríveis

Fuga acabou com a tiro

Ao saírem da prisão, os dois fugitivos separaram-se para dificultar o trabalho policial. Vinte minutos depois de soarem os alarmes, os serviços de emergência foram contactados por duas vezes quase em simultâneo. Timothy Dill tinha sido avistado com o macacão laranja usado pelos presidiários americanos e foi detido pouco tempo depois da chamada. O fugitivo vai agora ser acusado de, pelo menos, seis novos crimes que se relacionam com esta evasão. Na segunda chamada foi realizada por uma mulher que afirmou ter disparado contra um invasor que a teria ameaçado. Quando a polícia chegou à residência, encontrou o fugitivo no chão com um tiro na cabeça. Bruce McLaughlin, de 30 anos, foi depois declarado morto no hospital.

Mulher é vista como «heroína»

A mulher da Carolina do Sul que disparou sobre o fugitivo e acabou por ser elogiada pelas autoridades. Numa conferência de imprensa, o Xerife do Condado de Pickens elogiou a postura da autora do disparo mortal. «Poucas pessoas, até mesmo polícias, teriam este tipo de atitude. Esta mulher é uma espécie de heroína para nós», afirmou Richard Clark.

LEIA MAIS
Cliente rouba ladrão armado durante assalto [vídeo]
Vai a julgamento casal que arrastou cavalo preso a carrinha [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS