Homem morre depois de namorada com 136 quilos se sentar em cima dele

Homem morre depois de namorada com 136 quilos se sentar em cima dele

Uma mulher americana declarou-se culpada pelo assassinato do seu namorado. A mulher, com 136 quilos, sentou-se no peito do namorado e asfixiou-o.

Windi Thomas declarou-se, em tribunal, culpada pelo homicídio de Keeno Butler. A mulher de 44 anos e com 136 quilos asfixiou o namorado sentando-se no seu peito.

O homicídio ocorreu em Março deste ano, em casa do casal, na Pensilvânia. Durante uma acesa discussão, a arguida começou por atacar Keeno Butler com o recurso a uma faca, ferindo o namorado de 41 anos numa mão e, de seguida, agrediu o companheiro com a perna de uma mesa.

Não satisfeita, Windi Thomas sentou-se em cima do peito do homem de 54 quilos e asfixiou-o. Segundo o relatório da autópsia, a morte de Keeno Blunt foi «causada por insuficiência respiratória, seguida de traumatismos no pescoço e compressão torácica e exacerbada por traumatismos na cabeça». Após o homicídio, Thomas ligou para o serviço de emergência e admitiu ter morto o namorado.

As razões que levaram à discussão fatal ainda estão por esclarecer mas, segundo a estação televisiva ‘Fox 5 NY’, Thomas estava sob o efeito de álcool e queria comprar droga quando a discussão começou.

A confissão que fez logo desde o primeiro momento levou a que Windi Thomas conseguisse descer a pena de prisão efectiva de 20 a 40 anos para 18 a 36 anos. A irmã de Keeno Blunt diz a criminosa deveria «ter recebido mais de 40 anos de pena, merecia prisão perpétua».

A irmã da vítima revelou ainda que o casal estava junto há dois anos, mas revelou que a relação entre ambos sempre suscitou dúvidas na sua família. «Eu sabia que alguma coisa ia acontecer. Eles até ficaram em minha casa e eu pedi à Windi: ‘por favor, não mates o meu irmão’», disse.

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Homem morre depois de namorada com 136 quilos se sentar em cima dele

Uma mulher americana declarou-se culpada pelo assassinato do seu namorado. A mulher, com 136 quilos, sentou-se no peito do namorado e asfixiou-o.