Morreu Vincent Lambert, o tetraplégico francês

Morreu o tetraplégico Vincent Lambert, a quem foi desligado o suporte básico de vida e que se tornou num símbolo do debate sobre a eutanásia.

Morreu Vincent Lambert, o tetraplégico francês

Morreu Vincent Lambert, o tetraplégico francês

Morreu o tetraplégico Vincent Lambert, a quem foi desligado o suporte básico de vida e que se tornou num símbolo do debate sobre a eutanásia.

Vincent Lambert, o tetraplégico francês que se encontrava em estado vegetativo há 11 anos, e que se tornou num símbolo em França sobre a discussão da eutanásia,  morreu esta terça-feira, às 8h24, depois de no início deste mês o hospital de Reims ter anunciado que iria desligar as máquinas que o mantinham vivo, dando por terminado o processo de alimentação e hidratação garantido pelos equipamentos.

LEIA MAIS

Mulher recorre a eutanásia após desgosto amoroso

Tetraplégico desde 2008

O enfermeiro francês, de 42 anos, ficou tetraplégico e em estado vegetativo em 2008, na sequência de um acidente de viação, altura em que teve início uma longa batalha  judicial entre a sua mulher, seis dos seus irmãos e um sobrinho, que queriam que as máquinas fossem desligadas, e os seus pais que, como católicos praticantes, defendiam a manutenção do suporte de vida.

Em 2011, os médicos afastaram qualquer possibilidade de melhorias e, em 2014, o seu estado foi classificado como vegetativo.

LEIA DEPOIS

Previsão do tempo para quinta-feira, 11 de julho

Impala Instagram


RELACIONADOS