Morreu bombeiro ferido em combate a incêndio de Castro Verde. Estava em coma

O bombeiro Carlos Carvalho de 40 anos, de Cuba (Beja), que ficou ferido no incêndio em Castro Verde, morreu hoje no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Morreu bombeiro ferido em combate a incêndio de Castro Verde. Estava em coma

Morreu bombeiro ferido em combate a incêndio de Castro Verde. Estava em coma

O bombeiro Carlos Carvalho de 40 anos, de Cuba (Beja), que ficou ferido no incêndio em Castro Verde, morreu hoje no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

O bombeiro Carlos Carvalho de 40 anos, de Cuba (Beja), que ficou ferido no incêndio em Castro Verde, morreu hoje no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, disse à agência Lusa o comandante da corporação.

Carlos Carvalho sofreu ferimentos graves no incêndio que ocorreu no dia 13 deste mês no concelho de Castro Verde, distrito de Beja, referiu o comandante dos Bombeiros Voluntários de Cuba, José Galinha.

O bombeiro foi transportado de helicóptero, no mesmo dia, com queimaduras graves, para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde hoje morreu.

 

LEIA MAIS É oficial. Bares e discotecas podem funcionar como cafés e pastelarias a partir de sábado

Impala Instagram


RELACIONADOS