Morre aos 65 anos após seis horas de espera nas urgências

Um homem de 65 anos acabou por morrer nos braços da mulher após seis horas à espera nas urgências

Morre aos 65 anos após seis horas de espera nas urgências

Morre aos 65 anos após seis horas de espera nas urgências

Um homem de 65 anos acabou por morrer nos braços da mulher após seis horas à espera nas urgências

José Ferreira dirigiu-se na segunda-feira, dia dia, à Urgência do Hospital de Lamego. Lá, após triagem, foi-lhe atribuída a pulseira amarela ( que pressupõe que o doente seja visto na hora seguinte). Só que José ficou seis horas à espera, e, segundo a mulher, durante esse tempo, vomitou e não foi auxiliado, avança o Correio da Manhã.

O homem era casado mas não tinha filhos e a população de Sande, Lamego, está consternada. Em comunicado, o gabinete de comunicação do Centro Hospitalar de Trás- os Montes e Alto Douro explica que houve um agravamento do estado clínico do doente após este passar pela triagem e que nesse dia a afluência à Urgência foi excepcionalmente alta.

LEIA MAIS Menino morre de ataque cardíaco no recreio em Almada

 

Impala Instagram


RELACIONADOS