Moçambique regista casos de cólera após inundações

As autoridades moçambicanas anunciaram hoje o registo de três casos de cólera que se suspeita estarem ligados a consumo de água imprópria após inundações no vale do Zambeze, centro do país.

Moçambique regista casos de cólera após inundações

Moçambique regista casos de cólera após inundações

As autoridades moçambicanas anunciaram hoje o registo de três casos de cólera que se suspeita estarem ligados a consumo de água imprópria após inundações no vale do Zambeze, centro do país.

Os casos são os primeiros do género a serem confirmados após um surto de doenças diarreicas em Caia e Maringue, província de Sofala, disse Hassane Abdalá, médico chefe de serviços de saúde na região.

A situação está associada ao transbordo do rio Zambeze, na sequência da precipitação intensa provocada, primeiro, com a tempestade Ana, em janeiro, e com o ciclone Gombe, em março.

Segundo a mesma fonte, há vários pacientes internados e já foram abertos centros de tratamento de cólera, de forma preventiva, para despistar casos suspeitos.

Decorrem também trabalhos para identificar possíveis pontos de contaminação.

A cólera é uma doença que provoca fortes diarreias, que é tratável, mas que pode provocar a morte por desidratação se não for prontamente combatida – sendo causada, em grande parte, pela ingestão de alimentos e água contaminados por falta de redes de saneamento.

JYJE/LFO // JH

Lusa/fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS