Ministro da Defesa acusa TVI de falta de noção no caso da entrevista de Mário Machado

João Cravinho, comparou a TVI aos incendiários, reagindo à polémica presença de Mário Machado, entrevistado por Manuel Luís Goucha no programa Você na TV

Ministro da Defesa acusa TVI de falta de noção no caso da entrevista de Mário Machado

João Cravinho, comparou a TVI aos incendiários, reagindo à polémica presença de Mário Machado, entrevistado por Manuel Luís Goucha no programa Você na TV

«Vivemos tempos complexos, e é preciso ter a noção que uma atitude destas por parte da estação em causa não é muito diferente de quem ateia incêndios pelo prazer de ver as labaredas», escreveu João Cravinho na sua conta pessoal no Twitter.

 

Mário Machado, líder do partido Nova Ordem Social e fundador da organização de extrema-direita Portugal Hammerskins foi entrevistado por Manuel Luís Goucha no programa Você na TV, iniciando uma onda de revolta no país.

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) recebeu ao longo do dia de ontem inúmeras queixas de telespectadores e até de organizações como a SOS Racismo e irá agora analisar as mesmas.

Segundo a organização anti-racismo, a TVI ‘estendeu’ «o tapete a um dos chefes de fila da extrema-direita portuguesa, sobejamente conhecido por defender o fascismo e o racismo e a violência a eles associada». Em comunicado, a entidade menciona ainda que «Dar palco à ideologia fascista e racista seja em que circunstância for, não é nenhum exercício de liberdade de expressão é, antes pelo contrário, contribuir para perigar os alicerces do Estado de Direito Democrático e constituiu uma afronta aos valores de liberdade, dignidade e igualdade».

«A TVI argumenta com a liberdade de expressão para justificar o convite a quem esteve mais de 12 anos preso por vários crimes, alguns envolvendo crimes de ódio racial», afirma a SOS Racismo.

Convite a Mário Machado acabou por ser polémico

O apresentador do programa do quarto canal, Manuel Luís Goucha, encontra-se no meio da polémica após ter colocado na sua página do Facebook um ‘anúncio’ da entrevista e de se ter referido a Machado como «autor de algumas declarações polémicas».

A pontapé de saída para a entrevista, dado pelo apresentador, foi baseado no tema «Precisamos de um novo Salazar?». O líder do NOS afirmou que hoje em dia seriam necessários «dois ou três Salazares». Mário Machado afirmou ainda que pode ser o ‘Salazar’ que Portugal necessita.

Em nota à imprensa, a ERC afirma que as queixas «serão apreciadas pelos serviços da ERC, nos trâmites habituais».

Impala Instagram


RELACIONADOS