Ministra da Saúde envia mensagem de reconhecimento pelo trabalho dos enfermeiros

A ministra da Saúde reiterou hoje o agradecimento do Governo ao trabalho dos enfermeiros em época de pandemia, reconhecendo que as aspirações da classe “são muitas”.

Ministra da Saúde envia mensagem de reconhecimento pelo trabalho dos enfermeiros

Ministra da Saúde envia mensagem de reconhecimento pelo trabalho dos enfermeiros

A ministra da Saúde reiterou hoje o agradecimento do Governo ao trabalho dos enfermeiros em época de pandemia, reconhecendo que as aspirações da classe “são muitas”.

Por ocasião do Dia Mundial dos Enfermeiros, que hoje se assinala, e numa mensagem transmitida por vídeo, Marta Temido lembrou que este ano tem sido “particularmente exigente para todos para os profissionais de saúde e também para os enfermeiros”.

A mensagem foi transmitida num ‘webinar´ que teve como tema “Os Enfermeiros e os desafios para a saúde”, iniciativa que contou também com o envio de uma mensagem gravada do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e com um discurso da bastonária da Ordem dos Farmacêuticos, Ana Rita Cavaco.

Marta Temido expressou o seu “agradecimento em nome do Governo, da República, dos portugueses, aos enfermeiros que formam o sistema de saúde”.

“Têm sido a melhor garantia da continuidade dos cuidados de saúde primários, dos cuidados hospitalares, nos domicílios aos doentes da rede nacional de cuidados continuados integrados, das linhas de saúde do SNS24 e também da visitação a lares e estruturas que foram construídas por necessidade destes tempos muitos exigentes”, elencou a governante.

Contudo, reconheceu que “as aspirações da profissão de enfermagem são muitas, têm o acolhimento da maioria da população e que será um grande esforço da parte de todos para conseguir extrair soluções e responder aos tempos que aí vêm”.

 “2020 tem sido um ano particularmente exigente para todos os profissionais de saúde e também para os enfermeiros. O meu agradecimento”, sublinhou Marta Temido.

A ministra admitiu, porém, que “as aspirações da profissão de enfermagem são muitas, têm o acolhimento da maioria da população e que será necessário um grande esforço para conseguir construir soluções que permitam corresponder nos tempos que aí vêm”.

ARA // ZO

Lusa/Fim

 

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS