Mercado brasileiro de produtos orgânicos faturou 900 milhões de euros em 2018

O mercado brasileiro de produtos orgânicos faturou 4.000 milhões de reais (900 milhões de euros) em 2018, um resultado 20% superior face ao ano anterior, foi hoje anunciado.

Mercado brasileiro de produtos orgânicos faturou 900 milhões de euros em 2018

Mercado brasileiro de produtos orgânicos faturou 900 milhões de euros em 2018

O mercado brasileiro de produtos orgânicos faturou 4.000 milhões de reais (900 milhões de euros) em 2018, um resultado 20% superior face ao ano anterior, foi hoje anunciado.

Os dados são do Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável (Organis), que reúne cerca de 60 empresas do setor, e afirma que verduras, legumes e frutas são os alimentos mais consumidos no país.

Em menos de uma década, o número de produtores orgânicos registados no Brasil triplicou, segundo um levantamento levado a cabo pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

“Em 2012, havia no país quase 5,9 mil produtores registados e, em março de 2019, já se registaram mais de 17,7 mil, num crescimento de 200%”, refere aquele ministério, na sua página na Internet.

O Brasil é apontado pela Federação Internacional de Movimentos da Agricultura Orgânica (Ifoam) como líder do mercado de produtos orgânicos da América Latina. Contudo, tendo em consideração a extensão de terra destinada à agricultura orgânica, o país fica em terceiro lugar na região, depois da Argentina e do Uruguai, e em 12.º no mundo.

Quanto ao perfil do consumidor deste tipo de produtos, a escolha dos brasileiros pelos orgânicos é justificada, em primeiro lugar, por questões de saúde, nomeadamente por pessoas com 55 anos ou mais.

O sul e o centro oeste do Brasil foram as regiões apontadas pela Organis como maiores consumidoras de produtos orgânicos no país, enquanto a zona sudeste apresentou o menor percentual de consumo, com 10%.

Mais de 60% dos consumidores compram os produtos orgânicos em supermercados, 26% preferem adquirir dm feiras, 4% procuram em lojas de produtos naturais e 3% compram diretamente ao produtor rural.

Cerca de 40% dos brasileiros apontaram que os preços representam a principal barreira para o baixo acesso a produtos orgânicos e 84% manifestaram intenção de aumentar o consumo desses produtos.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento anunciou que, em parceria com outros ministérios, está a preparar atividades de fomento à produção de orgânicos, como a realização da 15.ª edição da Semana Nacional dos Orgânicos, no final do mês de maio.

MYMM // PVJ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS