Meia centena de pessoas em frente ao Parlamento por um estatuto do cuidador informal

Cerca de 50 pessoas estão concentradas em frente à escadaria da Assembleia da República num dia em que se discutem várias propostas para a criação do estatuto do cuidador informal.

Meia centena de pessoas em frente ao Parlamento por um estatuto do cuidador informal

Meia centena de pessoas em frente ao Parlamento por um estatuto do cuidador informal

Cerca de 50 pessoas estão concentradas em frente à escadaria da Assembleia da República num dia em que se discutem várias propostas para a criação do estatuto do cuidador informal.

Em declarações à Lusa, a presidente da Associação Nacional dos Cuidadores Informais, Sofia Figueiredo, disse que as propostas em discussão ficam aquém do que os cuidadores pretendem sobretudo porque, por um lado, atiram para a próxima legislatura a aplicação de medidas concretas de apoio financeiro e laboral aos cuidadores e, por outro, não preveem a criação efetiva de uma carreira contributiva especifica.

As pessoas que se juntaram a esta manifestação trouxeram balões lilases, rosa e azuis com que decoraram as grades que separam a escadaria da manifestação.

Os balões rosa e azuis simbolizam as crianças de quem os cuidadores tratam e os lilases os adultos.

SO/HN // MP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS