Médica do São João lidera estratégia nacional de controlo de infeção pelo VIH

A médica Margarida Tavares foi nomeada para liderar a estratégia nacional de controlo das infeções sexualmente transmissíveis e da infeção pelo VIH em Portugal, revelou hoje à Lusa fonte do Centro Hospitalar Universitário São João (CHUSJ), no Porto.

Médica do São João lidera estratégia nacional de controlo de infeção pelo VIH

Médica do São João lidera estratégia nacional de controlo de infeção pelo VIH

A médica Margarida Tavares foi nomeada para liderar a estratégia nacional de controlo das infeções sexualmente transmissíveis e da infeção pelo VIH em Portugal, revelou hoje à Lusa fonte do Centro Hospitalar Universitário São João (CHUSJ), no Porto.

A médica Margarida Tavares foi nomeada para liderar a estratégia nacional de controlo das infeções sexualmente transmissíveis e da infeção pelo VIH em Portugal, revelou hoje à Lusa fonte do Centro Hospitalar Universitário São João (CHUSJ), no Porto. Atualmente coordenadora do Internamento e da Unidade de Doenças Infecciosas Emergentes do Serviço de Doenças Infecciosas do CHUSJ, Margarida Tavares foi nomeada pela Direção-Geral da Saúde, acrescentou a fonte.

Entre as suas novas tarefas constam “promover o acesso universal a prevenção, rastreio, diagnóstico precoce e tratamento adequados, combatendo o estigma e a discriminação, promover a participação ativa da sociedade civil das pessoas que vivem com a infeção pelo VIH e das comunidades mais vulneráveis, garantir estratégias nacionais de monitorização e a adoção das políticas alinhadas com os objetivos do desenvolvimento sustentável”, elencou a fonte.

É igualmente objetivo a atingir por Margarida Tavares o “promover a capacitação dos profissionais de saúde e o acesso, no Serviço Nacional de Saúde, a cuidados de saúde de prevenção de infeções transmitidas por via sexual, e do seu tratamento”.

Destaca o CHUSJ que, dos 11 programas de saúde prioritários da DGS, três dos coordenadores são atualmente médicos no Hospital São João.

Filipe Macedo, diretor do Serviço de Cardiologia do CHUSJ, dirige o Programa Nacional para as Doenças Cérebro-Cardiovasculares e Elsa Azevedo, diretora do Serviço de Neurologia do CHUSJ é coadjuvante no mesmo programa, para além de José Artur Paiva, diretor do Serviço de Medicina Intensiva, que dirige o programa para a Prevenção e Controlo de Infeções e Resistência aos Antimicrobianos, assinalou.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS