Macau junta peritos em cimeira para debater Internet e ‘cidade inteligente’

Macau organiza a 25 e 26 de abril a “Cimeira Internet + Cidade Inteligente 2019” para reforçar a aposta na tecnologia e na indústria de exposições e convenções, com a presença especialistas e académicos, anunciou hoje a organização.

Macau junta peritos em cimeira para debater Internet e 'cidade inteligente'

Macau junta peritos em cimeira para debater Internet e ‘cidade inteligente’

Macau organiza a 25 e 26 de abril a “Cimeira Internet + Cidade Inteligente 2019” para reforçar a aposta na tecnologia e na indústria de exposições e convenções, com a presença especialistas e académicos, anunciou hoje a organização.

O objetivo é o de impulsionar o desenvolvimento da indústria e da tecnologia na área de aplicações, explicou o presidente da comissão administrativa do Fundo para o Desenvolvimento das Ciências e da Tecnologia, que coordena a iniciativa, em conferência de imprensa.

Ma Chi Ngai sublinhou a presença de 30 especialistas e académicos, entre os quais peritos em comunicação 5G de Espanha e em segurança de rede de Israel.

A iniciativa garantiu também a participação de especialistas de empresas chinesas de dimensão mundial, casos do vice-presidente sénior da Xiaomi Tecnologia, do diretor de tecnologia da Huawei Tecnologias e do cientista-chefe do Departamento IoT (Internet of Things) da Alibaba.

A cimeira integra duas palestras temáticas, “Cidade inteligente orientada para as pessoas” e “Índices de Avaliação da Cidade Inteligente na Grande Baía”, um projeto de Pequim para criar de uma metrópole mundial que junta Macau, Honk Kong e nove cidades chinesas da província de Guangdong, com cerca de 70 milhões de habitantes.

O evento, que terá ainda seis sessões distribuídas pelos dois dias, responde “à exigência de diversificação moderada da indústria levantada pelo Governo Central [China]” e para “colaborar com o Plano Quinquenal de Desenvolvimento da Região Administrativa Especial de Macau (2016-2020), de acordo com a organização.

A cimeira é promovida pelo Conselho de Ciência e Tecnologia e tem ainda o apoio da Fundação para o Desenvolvimento da Internet da China.

JMC // PJA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS