Livro com ilustrações da portuguesa Ana Seixas distinguido com prémio norte-americano

O livro “El secreto del paraguas rojo”, da uruguaia Susana Aliano Casales, com ilustrações da portuguesa Ana Seixas, foi distinguido com o Prémio Fundación Cuatrogatos, de uma organização norte-americana de promoção da leitura para a infância e juventude.

Livro com ilustrações da portuguesa Ana Seixas distinguido com prémio norte-americano

Livro com ilustrações da portuguesa Ana Seixas distinguido com prémio norte-americano

O livro “El secreto del paraguas rojo”, da uruguaia Susana Aliano Casales, com ilustrações da portuguesa Ana Seixas, foi distinguido com o Prémio Fundación Cuatrogatos, de uma organização norte-americana de promoção da leitura para a infância e juventude.

divulgada no ‘site’ oficial da Fundación Cuatrogatos, está “El secreto del paraguas rojo”, de Susana Aliano Casales, com ilustrações da portuguesa Ana Seixas, da editora independente Más Pimienta!, sediada em Palma de Maiorca, Espanha.

No livro, “o pequeno universo de uma menina, exposto com delicadeza e harmonia, serve de contexto a uma história que poderia estar a acontecer, neste instante, em muitos lugares do mundo, e que fala de curiosidade e pequenos enigmas, de descobertas feitas para preservar na memória”, refere a Fundácion Cuatrogatos.

Entre os finalistas da edição deste ano do prémio, encontra-se “Máquina”, o primeiro livro do português Jaime Ferraz, publicado originalmente pela Pato Lógico, editado pela mexicana Ediciones Tecolote. A história do livro, num “mundo maquino-dependente”, começa no momento em que “um rapaz recebe do seu avô uma máquina diferente, com o poder de o fazer viajar para mundos fantásticos”.

Além dos vinte livros premiados, a organização recomenda uma centena de títulos, escolhidos entre as obras que foram sendo lidas e avaliadas pela fundação.

“Mary John”, de Ana Pessoa, um romance em forma de carta, no qual a protagonista, uma adolescente chamada Maria João, se dirige a um amigo de infância, o Júlio ‘Pirata’, por quem teve uma paixoneta não correspondida, que foi publicado em 2016 pela Planeta Tangerina, está integrado na lista.

JRS (SS) // MAG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS