Lisbon Art Weekend junta 80 artistas em exposições e performance em novembro

O Lisbon Art Weekend vai regressar a Lisboa de 13 a 15 de novembro para abrir ao público 26 espaços artísticos com exposições, conversas e performances, entre outros eventos dedicados à arte contemporânea, envolvendo 80 artistas.

Lisbon Art Weekend junta 80 artistas em exposições e performance em novembro

Lisbon Art Weekend junta 80 artistas em exposições e performance em novembro

O Lisbon Art Weekend vai regressar a Lisboa de 13 a 15 de novembro para abrir ao público 26 espaços artísticos com exposições, conversas e performances, entre outros eventos dedicados à arte contemporânea, envolvendo 80 artistas.

De acordo com a programação da segunda edição do certame, ao longo de três dias, com entrada gratuita, vão decorrer exposic¸ões individuais e coletivas de artistas como Ana Jotta (Galeria Miguel Nabinho), Fernanda Fragateiro (Galeria Filomena Soares), Rosana Ricalde (3+1 Arte Contempora^nea), Horácio Frutuoso (Balcony Gallery), Asca^nio MMM (Galeria 111), e Adrien Missika (Galeria Francisco Fino).

Também João Ferro Martins (Galerias Municipais – Pavilhão Branco), António Bolota (Galeria Vera Corte^s), Ad Minoliti (Kunsthalle Lissabon), Rodrigo Herna´ndez (Madragoa), Daniel V. Melim (Monitor Lisbon), Ana Pe´rez-Quiroga (No No Gallery) vão exibir trabalhos nesta edição.

A artista japonesa Kimiyo Mishima (Sokyo Lisbon), Mário Belém e Ana + Beta^nia (Underdogs Gallery), são outros dos participantes, além de mais 30 artistas que serão apresentados no espaço Azan, indica a organização, em comunicado.

Na programação estão ainda previstas performances do artista Gustavo Sumpta, que dura 24 horas, nas Carpintarias de São Lázaro – Centro Cultural, a comec¸ar no dia 14 de novembro e a terminar no dia seguinte, e Daniel V. Melim, que irá realizar uma performance sonora, de nome Canto das Imagens (Monitor Lisbon) a 15 de novembro, o u´ltimo dia do evento.

A complementar as inaugurac¸ões de exposic¸ões de arte e visitas a estúdios, estão ainda previstas conversas com artistas sobre as obras de arte apresentadas.

Devido às circunstâncias da pandemia, decorrerão conversas e algumas visitas ´online´ mediante reserva e poderão ser visualizadas nas plataformas das redes sociais do LAW, no Instagram e YouTube.

A organização realça ainda que “todas as medidas de saúde da Direção-Geral da Saúde serão rigorosamente seguidas ao longo do evento”.

O LAW tem o apoio da Fundação ARCO, Art Across Europe, Turismo de Lisboa e Ca^mara Municipal de Lisboa.

AG // TDI

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS