É oficial. Líder do Estado Islâmico morto em operação militar dos EUA na Síria

Notícia foi confirmada hoje por Donald Trump

É oficial. Líder do Estado Islâmico morto em operação militar dos EUA na Síria

É oficial. Líder do Estado Islâmico morto em operação militar dos EUA na Síria

Notícia foi confirmada hoje por Donald Trump

O líder do grupo extremista Estado Islâmico foi morto numa operação militar na Síria, anunciou este domingo, 27 de outubro, Donald Trump, Presidente dos EUA. «Os EUA fizeram justiça e capturaram o terrorista mais perigoso do mundo», disse Trump, afirmando que a captura de Baghdadi era uma prioridade da sua administração.

A notícia foi avançada este sábado, 26 de outubro, pelas cadeias de televisão CNN e ABC e o jornal Washington Post, que citaram altos responsáveis norte-americanos.

LEIA DEPOIS

Dois mortos e 14 feridos em tiroteio em festa com estudantes universitários no Texas

Trump «fará um anúncio muito importante hoje»

Horas antes da notícias ser avançada pela imprensa, Trump anunciou que ia fazer hoje «um anúncio muito importante». Pouco antes deste anúncio, Donald Trump publicou uma mensagem na rede social Twitter: «Algo enorme acabou de acontecer!».

Esta é a mais importante operação militar dos EUA a visar um líder extremista desde a morte a 02 de maio de 2011 de Osama Bin Laden, líder da Al-Qaeda, às mãos das forças especiais norte-americanas, no Paquistão. Esta operação ocorreu num momento de intensa atividade militar no norte da Síria.

O regime sírio e o seu aliado russo aceleraram o envio de tropas para a fronteira sírio-turca, enquanto os norte-americanos anunciaram o reforço militar numa zona de petróleo mais a leste, sob controlo curdo.

LEIA MAIS

Previsão do tempo para domingo, 27 de outubro

 

Impala Instagram


RELACIONADOS