Justiça concede regime de semiliberdade a cunhado do rei de Espanha

A justiça espanhola concedeu hoje o regime de semiliberdade ao cunhado do rei de Espanha, Inaki Urdangarin, que cumpre uma pena de prisão pelo seu envolvimento no caso de corrupção Nóos.

Justiça concede regime de semiliberdade a cunhado do rei de Espanha

Justiça concede regime de semiliberdade a cunhado do rei de Espanha

A justiça espanhola concedeu hoje o regime de semiliberdade ao cunhado do rei de Espanha, Inaki Urdangarin, que cumpre uma pena de prisão pelo seu envolvimento no caso de corrupção Nóos.

A justiça espanhola concedeu hoje o regime de semiliberdade ao cunhado do rei de Espanha, Inaki Urdangarin, que cumpre uma pena de prisão pelo seu envolvimento no caso de corrupção Nóos.

Na prisão desde 18 de junho de 2018 para cumprir uma pena de cinco anos e dez meses, Urdangarin pode agora sair durante o dia para trabalhar fora da prisão situada em Madrid, regressar ao centro de detenção para dormir e beneficiar de todos os fins de semana.

A decisão de um tribunal da comunidade autónoma de Castela e Leão, onde o marido da infanta Cristina, irmã de Felipe VI, tinha entrado inicialmente na prisão foi tomada na sequência de um recurso interposto pelo detido.

Inaki Urdangarin foi condenado por ter utilizado as suas ligações à família real para ganhar concursos públicos para organizar, entre outros, eventos desportivos, tendo em seguida desviado fundos para a Aizoon, uma empresa que geria em conjunto com a esposa e utilizava para financiar o seu estilo de vida luxuoso.

 

 

LEIA MAIS Covid:-19: Hospital Garcia de Orta converte mais camas e tem já 181 doentes internados

Impala Instagram


RELACIONADOS