Isabel dos Santos no hospital a receber tratamento para pneumonia

Isabel dos Santos foi hospitalizada. A empresária partilhou nas redes sociais um conjunto de fotografias através da qual dá conta que lhe foi diagnosticada uma pneumonia. «Não é bem a noite de sexta-feira programada… Cama e pneumonia», escreveu na legenda.

Isabel dos Santos no hospital a receber tratamento para pneumonia

Isabel dos Santos foi hospitalizada. A empresária partilhou nas redes sociais um conjunto de fotografias através da qual dá conta que lhe foi diagnosticada uma pneumonia. «Não é bem a noite de sexta-feira programada… Cama e pneumonia», escreveu na legenda.

Isabel dos Santos foi hospitalizada. A empresária partilhou nas redes sociais um conjunto de fotografias através da qual dá conta que lhe foi diagnosticada uma pneumonia. «Não é bem a noite de sexta-feira programada… Cama e pneumonia», escreveu na legenda.

A filha de José Eduardo dos Santos estará na Rússia, tendo em conta as etiquetas coladas nas gavetas dos armários que surgem nas imagens. Isabel dos Santos é a filha primogénita do ex-presidente angolano  e da cidadã russa Tatiana Kukanova. Nasceu em Baku, na altura uma república soviética e atual capital do Azerbaijão, há 46 anos.

Recenteente, empresária mudou de residência para o Dubai e passou a assumir cidadania russa, segundos os documentos depositados no registo comercial de Malta a que o Expresso teve acesso.

Isabel dos Santos é suspeita de gestão danosa e evasão fiscal num processo que está a ser investigada em Angola. Em dezembro de 2019, o Tribunal Provincial de Luanda decretou o arresto preventivo das suas contas bancárias pessoais, do marido, o congolês Sindika Dokolo, e do português Mário da Silva, além de nove empresas nas quais a empresária detém participações sociais, por alegados negócios privados que terão lesado o Estado angolano.

Pneumonia: uma doença perigosa

Em novembro do ano passado, a propósito do Dia Mundial da Pneumonia, a revista Maria esteve à conversa com José Alves, presidente da Fundação Portuguesa do Pulmão, que afirmou que a pneumonia «é, talvez, a quarta ou quinta causa de morte em Portugal, cuja causa é evitável». «Qualquer um de nós está sujeito a apanhar uma pneumonia, sendo a mais frequente aquela que é adquirida na comunidade», garante José Alves.

Leia mais aqui

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: Reprodução redes sociais

Impala Instagram


RELACIONADOS