Hospitais CUF já não vão cortar acordos com ADSE

Hospitais CUF já não vão cortar acordos com ADSE

A José de Mello Saúde, que detém os Hospitais CUF, decidiu voltar atrás e manter as convenções com a ADSE

«Foi retomada a normal execução da convenção em todas as unidades de saúde da rede CUF», pode ler-se numa nota interna da empresa, avança o jornal Expresso. Passado cerca de um mês desde que a empresa anunciou a suspensão das convenções, a José de Mello Saúde, que detém os Hospitais CUF, decidiu recuar e manter os acordos com ADSE – Instituto Público de Gestão Participada.

«Apesar das diferenças que ainda separam ambas as entidades, a José de Mello Saúde reconhece o empenho que o Conselho Directivo da ADSE e as suas tutelas têm colocado no progresso destas conversações. A José de Mello Saúde tem colaborado ativamente na construção dos critérios que permitam funcionar num regime de equilíbrio e previsibilidade até à introdução de uma nova tabela», é referido na nota.

Hospitais CUF vão aceitar marcações depois de 12 de abril

Segundo a mesma publicação, os Hospitais CUF vão aceitar marcações mesmo depois de 12 de abril. «Foi retomada a normal execução da convenção em todas as unidades de saúde da rede CUF, significando, na prática, que os beneficiários da ADSE poderão voltar a fazer marcações e utilizar os serviços destas unidades, para além do dia 12 de abril, ao abrigo do regime convencionado», explicita ainda o referido comunicado.

LEIA MAIS

Previsão do tempo para quinta-feira, 14 de março

Julen: Pai de menino que caiu no poço com medo de deixar a mulher sozinha

Tem o maior pénis do mundo e jornalista garante veracidade do título

Ronaldo responde a gesto obsceno de Diego Simeone [vídeo]

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS