Governo moçambicano aprova plano para gestão sustentável de recursos hídricos

Governo moçambicano aprova plano para gestão sustentável de recursos hídricos

O governo moçambicano aprovou o Plano de Gestão de Recursos Hídricos, um projeto orçado em 13 mil milhões de dólares (11 mil milhões de euros), informou hoje a porta-voz do Conselho de Ministros.

“O plano tem como objetivo contribuir para a promoção do desenvolvimento socioeconómico de Moçambique, além de avaliar a disponibilidade de recursos hídricos e as demandas atuais e futuras”, declarou Ana Comoana.

A porta-voz do Conselho de Ministros de Moçambique falava após a 30.ª sessão deste órgão, em Maputo.

O plano, cujo período é de 20 anos, consiste na construção de infraestruturas ao longo das bacias hidrográficas moçambicanas, como forma de garantir o aproveitamento da água, principalmente em situações de estiagem, que têm afetado o país ciclicamente.

“O país está numa situação de vulnerabilidade e há necessidade de gerir estes recursos com alguma sustentabilidade e cautela”, observou Ana Comoana, acrescentando que o valor necessário para implementação do projeto tem origem no Orçamento interno, mas também de parcerias.

O governo moçambicano estima que com a construção destas infraestruturas os resultados económicos ascendam a 28 mil milhões de dólares (24 mil milhões de euros).

EYAC // SR

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Governo moçambicano aprova plano para gestão sustentável de recursos hídricos

O governo moçambicano aprovou o Plano de Gestão de Recursos Hídricos, um projeto orçado em 13 mil milhões de dólares (11 mil milhões de euros), informou hoje a porta-voz do Conselho de Ministros.