Governo da Austrália pede desculpa a mulheres afetadas por implante vaginal

Governo da Austrália pede desculpa a mulheres afetadas por implante vaginal

O ministro da Saúde australiano, Greg Hunt, pediu desculpas em nome do país às mulheres afetadas pelos efeitos colaterais causados por implantes vaginais e anunciou um pacote de medidas para compensar as vítimas.

“Em nome do Governo australiano, peço desculpas a todas as mulheres que historicamente sofreram dores e agonia pelos implantes pélvicos que geraram consequências horríveis”, disse Hunt em entrevista transmitida pela cadeia australiana ABC.

Estes dispositivos são implantados cirurgicamente para tratar o prolapso vaginal e a incontinência urinária, mas causaram danos a milhares de mulheres (entre três e 30 mil), de acordo com o Senado.

“A minha mensagem é que as suas vozes foram ouvidas e não apenas se ouviu, mas também se agiu”, sublinhou o ministro antes do Governo responder a uma investigação sobre estes casos promovida pelo Senado.

Hunt disse que o Governo federal vai trabalhar com os estados e territórios do país para criar um registo nacional voluntário de mulheres afetadas por este implante até ao final do próximo ano.

O ministro também disse que o Governo vai subsidiar a remoção desses aparelhos e os tratamentos associados a esses implantes, além de solicitar aos estados e territórios que realizem as auditorias.

No ano passado, um tribunal federal abriu um processo na sequência de uma ação coletiva movida por mais de 700 mulheres contra a farmacêutica Johnson & Johnson por efeitos colaterais causados por um implante vaginal.

JMC // FST

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Governo da Austrália pede desculpa a mulheres afetadas por implante vaginal

O ministro da Saúde australiano, Greg Hunt, pediu desculpas em nome do país às mulheres afetadas pelos efeitos colaterais causados por implantes vaginais e anunciou um pacote de medidas para compensar as vítimas.