Governo cancela plano para encerrar urgências de obstetrícia em Lisboa durante o verão

O Governo cancelou o plano para encerrar as urgências de obstetrícia, em Lisboa, durante o verão. Depois da polémica, o Executivo decidiu voltar atrás e vai apostar na contratação de profissionais.

Governo cancela plano para encerrar urgências de obstetrícia em Lisboa durante o verão

Governo cancela plano para encerrar urgências de obstetrícia em Lisboa durante o verão

O Governo cancelou o plano para encerrar as urgências de obstetrícia, em Lisboa, durante o verão. Depois da polémica, o Executivo decidiu voltar atrás e vai apostar na contratação de profissionais.

O Governo cancelou o plano que para encerrar as urgências de obstetrícia, em Lisboa, durante o verão. Depois da polémica, o Executivo decidiu voltar atrás e vai apostar na contratação de profissionais. Notícia foi avançada, esta quinta-feira,  pelo Público e pela TSF.

Segundo a rádio, o presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, o Ministério da Saúde vai contratar anestesistas, pediatras e obstetras. Assim, o problema de falta de profissionais ficará, em parte, resolvido e, por isso, não será necessário encerrar de forma rotativa as urgências da especialidade na cidade de Lisboa.

«Não haverá rotatividade no atendimento às grávidas», sublinhou Luís Pisco, citado pelo jornal Público. Em declarações à TSF, Luís Pisco referiu que está a ser feito um levantamento da quantidade de especialistas que são necessários contratar e que, até ao final do mês, será definido o número. No entanto, esta solução não incluiu a maternidade do Hospital Garcia de Orta, em Almada.

 

LEIA MAIS

Previsão do tempo para sexta-feira, 5 de julho

 

Impala Instagram


RELACIONADOS