Governo anuncia apoios de 100 mil euros para modernização dos taxímetros

O ministro do Ambiente e da Transição Energética anunciou hoje, no parlamento, que irá lançar ainda este mês um apoio de 100 mil euros para a modernização dos taxímetros com novo modelo de faturação.

Governo anuncia apoios de 100 mil euros para modernização dos taxímetros

Governo anuncia apoios de 100 mil euros para modernização dos taxímetros

O ministro do Ambiente e da Transição Energética anunciou hoje, no parlamento, que irá lançar ainda este mês um apoio de 100 mil euros para a modernização dos taxímetros com novo modelo de faturação.

Perante os deputados na comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, João Matos Fernandes avançou ainda que este ano será lançado um novo aviso do programa de eletrificação do táxi, reconhecendo que o que foi lançado no ano passado “ficou aquém do previsto”.

“Vamos lançar durante o mês de abril o valor de 100 mil euros para taxímetros mais modernos com nova faturação”, disse Matos Fernandes, lembrando que o apoio dado ao setor para a modernização da frota, no valor de 750 mil euros, “não foi engodo”, como avançado pelas associações do setor.

Desta forma, Matos Fernandes, avançou que será lançado um novo aviso, ainda este ano, de apoio no valor total de 200 mil euros, para a aquisição de automóveis elétricos, mostrando-se esperançoso de que terá “maior adesão”.

No ano passado, de acordo com o ministro, só oito veículos foram adquiridos com este apoio.

Agora o programa vai ter uma comparticipação de cinco mil euros por táxi, um valor que será aumentado, através de um subsídio extra, conforme a idade do veículo seja maior também.

“Não temos a intenção de impor carros elétricos a ninguém, mas queremos que o maior número de táxis seja elétrico e daí financiarmos”, frisou.

Os incentivos à modernização do setor do táxi vão ser concedidos através do Fundo para o Serviço Público de Transportes.

O ministro reiterou perante os deputados na comissão a importância do setor do táxi no contexto da mobilidade urbana, reconhecendo que este tem “vantagens em relação aos TVDE” (operadores de transporte rodoviário de passageiros em veículos descaracterizados).

RCP/JML // ROC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS