Urgências “atoladas e profissionais exauridos” no hospital Garcia de Orta

O presidente do Conselho Regional do Sul da Ordem dos Médicos afirmou hoje que o Hospital Garcia de Orta, em Almada, tem as “urgências atoladas de doentes” e que os profissionais de saúde “estão exauridos”.

Urgências

Urgências “atoladas e profissionais exauridos” no hospital Garcia de Orta

O presidente do Conselho Regional do Sul da Ordem dos Médicos afirmou hoje que o Hospital Garcia de Orta, em Almada, tem as “urgências atoladas de doentes” e que os profissionais de saúde “estão exauridos”.

“[Aquilo com] que nos deparámos foi com um hospital de profissionais exauridos e urgências atoladas de doentes em que a covid-19 não é neste momento o mais importante problema”, disse Alexandre Valentim Lourenço no final de uma visita ao Hospital Garcia de Orta, onde esteve reunido com diretores de serviços.

LEIA DEPOIS
Três inspetores do SEF condenados a 9 anos de prisão pela morte de Ihor

Mais importante é preservar capacidade das urgências

Segundo o responsável da Ordem dos Médicos, o mais importante neste momento é preservar a capacidade do hospital nos cuidados intensivos, na medicina interna e na psiquiatria para os doentes que têm estas doenças e que chegam a esta unidade hospitalar “piores do que a maior parte dos doentes covid”.

Impala Instagram


RELACIONADOS