Filme de Catarina Vasconcelos duplamente premiado em festival na Polónia

O filme português “A metamorfose dos pássaros”, de Catarina Vasconcelos, foi duplamente premiado no Festival New Horizons, na Polónia, vencendo o Grande Prémio e o Prémio do Público.

Filme de Catarina Vasconcelos duplamente premiado em festival na Polónia

Filme de Catarina Vasconcelos duplamente premiado em festival na Polónia

O filme português “A metamorfose dos pássaros”, de Catarina Vasconcelos, foi duplamente premiado no Festival New Horizons, na Polónia, vencendo o Grande Prémio e o Prémio do Público.

De acordo com a Portugal Film, num comunicado hoje divulgado, Catarina Vasconcelos recebeu hoje, na 20.ª edição do New Horizons, “o mais importante festival polaco, o Grande Prémio do Festival e também o Prémio do Público”, com “A metamorfose dos Pássaros.

A realizadora, citada no comunicado, mostrou-se “profundamente agradecida” pelos dois prémios, considerando o Prémio do Público “uma enorme comoção, sobretudo nos tempos que correm”.

“Fico muito comovida por saber que o filme foi recebido de forma tão bela e sensível”, partilhou, lembrando que “a Polónia passa neste momento por um período terrível onde as liberdades e garantias estão a ser postas em causa e onde a comunidade LGBTQ é alvo de uma política homofóbica que tem vindo a escalar”.

Para a realizadora, “os filmes só podem existir através da liberdade: liberdade para sermos o que queremos ser e liberdade para amar quem quisermos amar”.

“Que o cinema possa sempre ser mais forte do que a barbárie e que os filmes possam ser sempre gestos de liberdade”, defendeu.

A 20.ª edição do New Horizons, que termina hoje, decorreu exclusivamente ‘online’.

“A metamorfose dos pássaros”, uma produção da Primeira Idade que deverá ter estreia em Portugal no primeiro trimestre de 2021, é a primeira longa-metragem de Catarina Vasconcelos e tem estado em circulação internacional por festivais e mostras de cinema, onde tem colhido vários prémios.

O filme, com distribuição internacional da Portugal Filme e cuja narrativa cruza documentário e ficção, parte da história da família da realizadora, em particular da avó paterna, que nunca chegou a conhecer.

Em fevereiro, aquando da estreia mundial no Festival de Cinema de Berlim, o filme conquistou o Prémio da Crítica Internacional.

Desde então, tem somado distinções como o Prémio de Melhor Filme no Festival de Vílnius (Lituânia), e o Prémio Especial do Júri no Festival de Taipei (Taiwan). Recebeu ainda o Prémio do Melhor Filme no Festival Dokufest (Kosovo) e o prémio Zabaltegi — Tabakalera no Festival de Cinema de San Sebastián (Espanha).

No início de setembro conquistou o prémio do público no IndieLisboa, este mês foi distinguido também pelo público e recebeu o prémio de contribuição artística no Festival de Cinema de Curitiba (Brasil).

Em outubro, o filme fez a estreia na Áustria, no âmbito do Viennale – Festival de Cinema de Veneza, e esta semana será exibido na Mostra de Cinema Documental de Bogotá, na Colômbia.

“A metamorfose dos pássaros” é exibido também no Zinebi – Festival Internacional de Documentário e Curta-Metragem de Bilbau, Espanha, que teve início na sexta-feira e decorre até ao dia 20.

JRS (SS) // JPS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS