Festival Vilar de Mouros arranca hoje com Placebo e Suede

Os britânicos Placebo e Suede estão em destaque no primeiro dia do festival Vilar de Mouros, que regressa esta quinta-feira à localidade que lhe dá nome, em Caminha, após dois anos de pausa forçada pela pandemia.

Festival Vilar de Mouros arranca hoje com Placebo e Suede

Festival Vilar de Mouros arranca hoje com Placebo e Suede

Os britânicos Placebo e Suede estão em destaque no primeiro dia do festival Vilar de Mouros, que regressa esta quinta-feira à localidade que lhe dá nome, em Caminha, após dois anos de pausa forçada pela pandemia.

Festival Vilar de Mouros arranca hoje com Placebo e Suede. Haverá ainda concertos de The Black Teddys, Battles e Gary Numan. Para o segundo dia do EDP Vilar de Mouros, sexta-feira, estão agendadas as atuações de Non Talkers, Tara Perdida, Clawfinger, Black Rebel Motorcycle Club e Simple Minds. O festival termina no sábado com The Mirandas, Blind Zero, The Legendary Tigerman, Bauhaus e Iggy Pop. A programação do festival fica completa com as atuações do DJ Izzy, que, segundo a organização, “irá recriar o espírito das festas Rockline Tribe, no Palco Histórico do EDP Vilar de Mouros, nas madrugadas de quinta-feira a domingo, entre as 02:30 e as 04:30”.

Para ler depois
Millennials, a geração que perde a virgindade tarde e foca-se no trabalho
Existem pelo menos três tópicos que estão na lista de preocupações dos terapeutas no que diz respeito ao sexo entre pessoas desta geração (… continue a ler aqui)

De acordo com informação disponível no ‘site’ oficial do festival, o recinto abre todos os dias às 17:00 e há um autocarro gratuito, sempre a circular, com paragens na estação de comboios de Caminha, no centro de Caminha (na Ótica Pitosga) e junto ao recinto do festival. Contígua ao recinto há uma zona de campismo, que é de acesso gratuito para quem tem passe de três dias para o festival. A saída dos campistas terá de acontecer até às 14:00 de domingo. Quem só for a um dia, mas quiser ficar a acampar, pode fazê-lo pagando cinco euros. No caso de quem tem bilhete de um dia, a saída terá de ser feita até às 14:00 do dia seguinte à data do bilhete.

O primeiro festival de música do país, que ainda hoje goza da fama do “Woodstock” à portuguesa, aconteceu em 1971 em Vilar de Mouros, tendo sofrido um interregno de oito anos, entre 2006 e 2014. Como tantos outros festivais de música em Portugal, o Vilar de Mouros não se realizou em 2020 e 2021 devido às restrições impostas para combater a pandemia da covid-19. A 1.ª edição de 1971, lançada pelo médico António Barge, contou com a presença, entre outros, de Elton John e Manfred Mann.

Impala Instagram


RELACIONADOS