Festival de curtas-metragens Córtex começa hoje em Sintra

Festival de curtas-metragens Córtex começa hoje em Sintra

O Córtex – Festival de Curtas-Metragens de Sintra começa hoje com sessões de filmes pensados para o público escolar, numa edição que dedicará uma retrospetiva ao realizador austríaco Ulrich Seidl.

Lisboa, 11 abr (Lusa) – O Córtex – Festival de Curtas-Metragens de Sintra começa hoje com sessões de filmes pensados para o público escolar, numa edição que dedicará uma retrospetiva ao realizador austríaco Ulrich Seidl.


O Córtex, que cumpre a oitava edição, terá mais dias de programação no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, e pela primeira vez estende-se a Lisboa, com filmes a exibir no cinema Ideal até ao dia 18.


Apesar de ser dedicado à curta-metragem, com uma seleção de obras nacionais e internacionais, o festival abre exceção às longas-metragens, para exibir “Safari” (2016), documentário de Ulrich Seidl, na quinta-feira no cinema Ideal, em Lisboa.


O realizador estará presente na sessão deste filme “sobre um grupo de turistas alemães e austríacos que viajam até África para se dedicarem à caça de animais selvagens, enquanto passatempo de lazer”.


A retrospetiva organizada pelo Córtex sobre Ulrich Seidl mostrará o período inicial da carreira do cineasta, “dando a conhecer pela primeira vez os seus filmes de escola e as produções que realizou para televisão nos anos 90”, lê-se na programação.


Este ano, o Córtex terá uma seção nova, intitulada “Frontal”, com uma programação de curtas-metragens destinada a “unir jovens adolescentes e séniores. (…) Esta é uma iniciativa inédita nunca antes pensada para um festival de cinema em Portugal”, afirma a organização.


Este ano, o Córtex selecionou 15 curtas-metragens para a competição internacional e outras tantas da competição portuguesa, produzidas entre 2016 e 2017.


Na secção portuguesa foram incluídos, entre outros, “Cidade Pequena”, de Diogo Costa Amarante, “Coup de Grâce”, de Salomé Lamas, “Altas cidades de ossadas”, de João Salaviza, “Miragem meus putos”, de Diogo Baldaia, “Surpresa”, de Paulo Patrício, e “O meu pijama”, de Maria Inês Gonçalves.


O Córtex é uma iniciativa da Reflexo – Associação Cultural e Teatral, com apoio da Câmara Municipal de Sintra.



SS // TDI

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Festival de curtas-metragens Córtex começa hoje em Sintra

O Córtex – Festival de Curtas-Metragens de Sintra começa hoje com sessões de filmes pensados para o público escolar, numa edição que dedicará uma retrospetiva ao realizador austríaco Ulrich Seidl.