Feira ARCOlisboa ´online´ gerou mais de 500 contactos com galerias — organização

A edição ‘online’ da ARCOlisboa – Feira Internacional de Arte Contemporânea gerou mais de 500 contactos de visitantes, com as 70 galerias desta edição, que terminou no domingo, anunciou hoje a organização do certame.

Feira ARCOlisboa ´online´ gerou mais de 500 contactos com galerias -- organização

Feira ARCOlisboa ´online´ gerou mais de 500 contactos com galerias — organização

A edição ‘online’ da ARCOlisboa – Feira Internacional de Arte Contemporânea gerou mais de 500 contactos de visitantes, com as 70 galerias desta edição, que terminou no domingo, anunciou hoje a organização do certame.

Devido às restrições impostas pela pandemia da convid-19, a ARCOlisboa apresentou, durante quase quatro semanas, um programa de exibição digital de obras de várias galerias, e conversas entre profissionais do setor, que recebeu globalmente 120.000 visitas, segundo o balanço divulgado.

Quanto ao programa de fóruns da feira – iniciada em 20 de maio -, foi seguido por mais de 700 pessoas.

A edição deste ano da ARCOlisboa, que deveria ter acontecido presencialmente em maio, foi cancelada pelos organizadores, que marcaram nova data para 13 a 16 de maio 2021.

O certame é organizado pela Feira Internacional de Madrid (Ifema), em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa (CML) e, nesta edição digital, com a plataforma artsy.net.

Mesmo decorrendo digitalmente, as obras de arte das galerias participantes selecionadas pelo comité organizador da feira foram apresentadas e comercializadas.

Através da plataforma artsy.net, associada ao ‘site’ da feira, os agentes e representantes de instituições, assim como colecionadores de arte contemporânea tiveram acesso à seleção de obras que cada galeria participante preparou para este projeto digital.

O programa geral de galerias contou com a participação de referências no mercado português, como Cristina Guerra Contemporary Art, Filomena Soares, Pedro Cera e Vera Cortês, além de galerias emergentes como a Balcony, Bruno Múrias, Madragoa ou Nuno Centeno.

Entre as participantes espanholas estiveram Elba Benítez, Elvira González, Heinrich Ehrhardt, Helga de Alvear ou Juana de Aizpuru, e, entre outras estrangeiras, Balice Hertling (Paris), GeorgKargl (Viena), Greengrassi (Londres), Marcelo Guarnieri (São Paulo) e Sokyo (Quioto).

A secção Opening, organizada pela primeira vez pela instituição independente dedicada à arte contemporânea KunsthalleLissabon, foi composta por uma seleção de galerias estreantes na feira e, tal como na edição de 2019, a curadora Paula Nascimento foi a responsável pela seleção das galerias do programa África em Foco.

O Fórum da ARCOlisboa contou com uma média de três conversas semanais transmitidas em direto, que tiveram a participação de artistas como Nadia Belerique e Diana Policarpo, e conversas dirigidas pelos comissários João Mourão e Luís Silva/Kunsthalle Lissabon, e Paula Nascimento e Filipa Oliveira.

AG // MAG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS