Ex-detective diz que caso Maddie nunca se vai resolver e pais revoltam-se

O detective afirma que o caso nunca se vai resolver por uma as câmaras de segurança do hotel da Praia da Luz, onde Maddie desapareceu, não estavam a funcionar

Ex-detective diz que caso Maddie nunca se vai resolver e pais revoltam-se

O detective afirma que o caso nunca se vai resolver por uma as câmaras de segurança do hotel da Praia da Luz, onde Maddie desapareceu, não estavam a funcionar

O ex detective Mark Williams-Thomas acredita que Maddie foi levada por alguém que se aproveitou das câmaras desactivadas no apartamento da Praia da Luz em maio de 2007.  O homem de 49 anos, que trabalhou nos maiores casos de pessoas desaparecidas, acredita que o caso de Maddie não tem solução.

No seu novo livro, Hunting Killers, o especialista afirma: ” O rapto de Madeleine McCann é um caso que eu colocaria na categoria dos insolucionáveis”.

Mark acredita que Maddie terá saído sozinha do apartamento e ter-se-há cruzado com a pessoa que a raptou e que o caso só não se resolve porque as câmaras de vigilância estavam desligadas.

Para o ex-detective, as hipóteses de Madeleine McCann estar viva são muito baixas.

“Infelizmente, em quase todos os casos de raptos de crianças, no espaço de 24 horas, a criança está morta”, afirma.

O caso de Maddie é um dos mais polémicos de sempre. A menina, com três anos na altura, desapareceu de um apartamento de férias no Algarve em 2007. Foi deixada pelos pais, que jantavam perto, com os dois irmãos.  Os pais, Kate e Gerry, ainda hoje procuram pela menina.

 

Após as declarações do detective, os pais de Maddie já reagiram e reafirmaram ter esperança no aparecimento da menina e mostraram-se magoados com as palavras duras.

LEIA MAIS As 48 perguntas da PJ às quais Kate McCann nunca quis responder

Impala Instagram


RELACIONADOS