EUA exportam lixo de plástico para países que tentam ser “amigos” do ambiente

Mais de metade do lixo de plástico recolhido nos Estados Unidos em 2016 para reciclagem foi enviada para o estrangeiro, sobretudo para países que estão a tentar ter uma boa conduta ambiental, conclui um estudo.

EUA exportam lixo de plástico para países que tentam ser

EUA exportam lixo de plástico para países que tentam ser “amigos” do ambiente

Mais de metade do lixo de plástico recolhido nos Estados Unidos em 2016 para reciclagem foi enviada para o estrangeiro, sobretudo para países que estão a tentar ter uma boa conduta ambiental, conclui um estudo.

Mais de metade do lixo de plástico recolhido nos Estados Unidos em 2016 para reciclagem foi enviada para o estrangeiro, sobretudo para países que estão a tentar ter uma boa conduta ambiental, conclui um estudo.

O estudo, publicado recentemente na revista científica de acesso aberto Science Advances, baseou-se em dados de 2016, os mais atuais disponíveis de acordo com os autores, e conclui que os Estados Unidos enviaram em 2016 para o exterior, para reciclagem, 1,99 milhões de toneladas de plástico (de um total de 3,91 milhões de toneladas).

Os autores salientam que 88% do lixo de plástico exportado teve como destino países que estão a tentar gerir e a reciclar com eficácia o desperdício de plástico, estimando em um milhão de toneladas a quantidade de plástico com origem nos Estados Unidos que acabou a poluir o ambiente fora do seu território.

O estudo, citado num comunicado da organização ambientalista norte-americana Ocean Conservancy, que participou no trabalho, estima em 2,25 milhões de toneladas a quantidade total de plástico com que, no mesmo ano, os Estados Unidos poluíram o meio ambiente, incluindo as zonas costeiras, em resultado do lixo gerado em casa, de despejos ilegais e da exportação.

LEIA MAIS Bolsonaro defende uso de armas na comemoração do Dia dos Mortos

 

Impala Instagram


RELACIONADOS