Estado condenado a pagar indemnização a jovem que esteve preso injustamente

Leandro Monteiro esteve preso por suspeita de abuso sexual.

Estado condenado a pagar indemnização a jovem que esteve preso injustamente

Estado condenado a pagar indemnização a jovem que esteve preso injustamente

Leandro Monteiro esteve preso por suspeita de abuso sexual.

O Estado foi condenado a pagar uma indemnização de 35 mil euros a um jovem que esteve 11 meses preso injustamente, por suspeita de abuso sexual.

Vítimas de alegados abusos sexuais acabaram por admitir que inventaram a história

Leandro Monteiro, atualmente com 21 anos, foi detido em 2014 por suspeita de abuso sexual a dois colegas do Lar de Infância e Juventude da Escola de Artes e Ofício de Chaves. O jovem, na altura com 16 anos, foi preso.

Pouco tempo depois, as alegadas vítimas acabaram por confessar que tinham mentido, com o objetivo de saírem da instituição. Apesar de as vítimas terem admitido que tinham inventado o crime, Leandro Monteiro permaneceu na prisão-escola de Leiria.

Leandro foi absolvido em 2015, mas Estado só reconhece erro agora

Leandro acabou por ser absolvido em 2015, 11 meses depois de ter estado preso preventivamente. Agora, o Tribunal de Vila Real declarou o erro judiciário e a atribuição de uma indemnização de 35 mil euros.

LEIA MAIS
Mulher tenta envenenar filho de sete anos em Lisboa
Médicos já podem desligar máquinas de homem que está em condição vegetativo há 11 anos

 

Impala Instagram


RELACIONADOS