Esfaqueado 20 vezes por alertar homem que urinava na rua em Gondomar

«Um dos homens estava a urinar entre a carrinha e o muro da casa do meu irmão, que só perguntou se ali era sítio para fazer aquilo», conta a irmã da vítima

Esfaqueado 20 vezes por alertar homem que urinava na rua em Gondomar

Esfaqueado 20 vezes por alertar homem que urinava na rua em Gondomar

«Um dos homens estava a urinar entre a carrinha e o muro da casa do meu irmão, que só perguntou se ali era sítio para fazer aquilo», conta a irmã da vítima

Um homem, de 46 anos, foi esfaqueado 20 vezes este sábado, dia 29 de dezembro, depois de ter alertado um indivíduo que estava a urinar na rua, junto ao muro da sua casa, em Gondomar.

LEIA MAIS: Antigo jogador do Benfica hospitalizado após assalto

O homem que foi alertado estava com um grupo de cinco homens – que estava a conviver num café – e , apesar de ter pedido desculpa por urinar na via pública, acabou juntamente com os restantes homens que o acompanhavam a saltar o muro da casa, situada na rua 25 de Abril, em São Pedro da Cova, e agredir brutalmente a vítima.

«Um dos homens estava a urinar entre a carrinha e o muro da casa do meu irmão, que só perguntou se ali era sítio para fazer aquilo. O homem ainda pediu desculpa mas os outros quatro saltaram logo o muro para atacar o meu irmão 20 vezes», conta a irmã da vítima, Carla Almeida, cita o Correio da Manhã.

Os agressores ainda atacaram mais quatro familiares que tentavam impedir o episódio de violência. «Entrei em pânico quando vi o meu irmão no chão, quase inconsciente, cheio de sangue, depois de ter levado vinte facadas», acrescenta Carla.

No local esteve a GNR, os bombeiros de S. Pedro da Cova e o INEM de Gondomar. As cinco vítimas foram todas transportadas para o hospital de S. António, no Porto. O homem que foi esfaqueado ficou gravemente ferido.

GNR já identificou um dos agressores

Quando a GNR de Fânzeres chegou ao local, os homens já tinam fugido. No entanto, os militares conseguiram identificar um dos agressores. As autoridades já começaram a fazer buscas e pensa-se que todos os suspeitos sejam residentes em São Pedro da Cova.

VEJA AINDA: Menino de 9 anos atacado por cão na cara em Amarante

Impala Instagram


RELACIONADOS