Escritor brasileiro Silviano Santiago vence Prémio Camões 2022

Escritor brasileiro Silviano Santiago é o vencedor do Prémio Camões 2022, anunciou hoje o ministro português da Cultura, Pedro Adão e Silva.

Escritor brasileiro Silviano Santiago vence Prémio Camões 2022

Escritor brasileiro Silviano Santiago vence Prémio Camões 2022

Escritor brasileiro Silviano Santiago é o vencedor do Prémio Camões 2022, anunciou hoje o ministro português da Cultura, Pedro Adão e Silva.

No ano passado, o Prémio Camões foi atribuído à escritora moçambicana Paulina Chiziane, autora de “Balada de Amor ao Vento” e “Ventos do Apocalipse”.

O Prémio Camões de literatura em língua portuguesa foi instituído por Portugal e pelo Brasil, com o objetivo de distinguir um autor “cuja obra contribua para a projeção e reconhecimento do património literário e cultural da língua comum”.

Segundo o texto do protocolo constituinte, assinado em Brasília, em 22 de junho de 1988, e publicado em novembro do mesmo ano, o prémio consagra anualmente “um autor de língua portuguesa que, pelo valor intrínseco da sua obra, tenha contribuído para o enriquecimento do património literário e cultural da língua comum”.

Foi atribuído pela primeira vez, em 1989, ao escritor Miguel Torga.

Em 2019, o prémio distinguiu o músico e escritor brasileiro Chico Buarque, autor de “Leite Derramado” e “Budapeste”, entre outras obras; em 2020, o professor e ensaísta português Vítor Aguiar e Silva (1939-2022).

O Brasil lidera a lista de distinguidos com o Prémio Camões, com 14 premiados cada, seguindo-se Portugal, com 13 laureados, Moçambique, com três, Cabo Verde, com dois, mais um autor angolano e outro luso-angolano.

A história do galardão conta apenas com uma recusa, exatamente a do luso-angolano Luandino Vieira, em 2006.

MAG // MAG/TDI

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS