Encontros do fado, canção e música de Coimbra em festival de dez dias

O festival “Correntes de um só rio”, dedicado ao fado, à canção, às músicas e às guitarras de Coimbra, realiza-se de 30 setembro a 09 de outubro, no Convento de São Francisco, em Coimbra.

Encontros do fado, canção e música de Coimbra em festival de dez dias

Encontros do fado, canção e música de Coimbra em festival de dez dias

O festival “Correntes de um só rio”, dedicado ao fado, à canção, às músicas e às guitarras de Coimbra, realiza-se de 30 setembro a 09 de outubro, no Convento de São Francisco, em Coimbra.

A quinta edição do festival “Correntes de um só rio — Encontros do Fado, da Canção, da Música e das Guitarras de Coimbra” vai contar com mais de uma dezena de eventos, entre concertos, tertúlias, uma exposição e uma peça de teatro, com evocação a Adriano Correia de Oliveira, a Luiz Goes e a Rui Pato, anunciou hoje a Câmara Municipal de Coimbra, numa nota de imprensa enviada à agência Lusa.

O programa arranca no dia 30 com o “Concerto de Guitarra Portuguesa e Orquestra”, que junta Paulo Soares à Orquestra Filarmónica de Braga.

No dia 01 de outubro, o festival inclui duas propostas musicais, “A guitarra com os dedos em garra!”, pelas mãos de Simão Mota, no Convento São Francisco, seguido de um encontro entre Coimbra e os Açores com a “Serenata patrimónios – (En)canto às Ilhas de Bruma”, na Praça do Comércio.

“No dia 02, em “Coimbra das Canções”, o Quint’Essence Ensemble e o Coro Misto da Universidade de Coimbra “partilham o palco com um coro participativo de 60 crianças, oriundas de várias escolas de ensino artístico e especializado de música da região Centro, num convite a uma viagem assente na trilogia Coimbrã – Santa Cruz, Academia e Folclore”, lê-se no comunicado.

Já no dia seguinte, Catarina Duarte, Nuno Caldeira e Miguel Calhaz, juntamente com a Orquestra Geração de Coimbra, realizam o espetáculo musical “Olá Mundo, daqui Coimbra”.

No dia 04 de outubro será prestada uma homenagem a Rui Pato, estando previsto para o dia 05, o concerto “Luiz Goes em piano de fundo” que é antecedido da conferência “Encontro(s) com a obra de Luiz Goes”.

A MUS.MUS.CBR — Associação Cultural Museu da Música de Coimbra apresenta o espetáculo “Arrancado ao Esquecimento”, no dia 06 de outubro, e apresentará também um documentário e uma exposição que estará patente ao longo do festival, referiu a autarquia.

Para o dia seguinte, Bruno Costa e Nuno Botelho, com os convidados Hugo Gamboias e Diogo Passos, estão a preparar um espetáculo inspirado na obra de Chopin, Carlos e Artur Paredes, intitulado “De Chopin até à Lapa”.

Este ano assinalam-se 80 anos do nascimento de Adriano Correia de Oliveira, por isso, a programação do festival tem um enfoque particular nesta figura, estando previsto uma tertúlia “Encontro com Adriano Correia de Oliveira” e ainda uma homenagem pela Tuna Académica da Universidade de Coimbra, informou a Câmara Municipal.

No programa, estão ainda previstos concertos para bebés pela cantora e música Luísa Sobral e pelo conimbricense Hugo Gamboias.

O encerramento do festival acontece com teatro pela Cooperativa Bonifrates.

LYFR // JEF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS