Empresa rejeita mulheres portuguesas

Empresa rejeita mulheres portuguesas por considerar que são “depressivas e infelizes”.

Empresa rejeita mulheres portuguesas

Empresa rejeita mulheres portuguesas

Empresa rejeita mulheres portuguesas por considerar que são “depressivas e infelizes”.

Uma empresa sediada em Cascais, Lisboa, está à procura de um conjunto de funcionárias para diversas funções. Apesar de a empresa em questão estar sediada nos arredores da Capital, não aceita a candidatura de todas as mulheres. Aliás, a empresa rejeita mulheres portuguesas.

“Procuramos pessoas descontraídas e bem-humoradas. A preferência é por brasileiras ou por nacionalidades igualmente alegres, dispensamos portuguesas”, é aquilo que pode ser lido no anúncio. A empresa, voltada para a área da saúde, está à procura de uma jornalista, uma redatora, uma especialista em moda, uma apresentadora, uma youtuber e ainda uma modelo.

“Procuramos pessoas descontraídas e bem-humoradas. A preferência é por brasileiras ou por nacionalidades igualmente alegres, dispensamos portuguesas”

Mas as portuguesas parecem não agradar a quem está a contratar. Algo que o anúncio dá a entender e que não é negado por Heinrich Pereira, o titular da empresa que, em declarações ao Público, explicou o seu ponto de vista, defendendo que, por regra, as portuguesas são “em geral depressivas e infelizes com a vida”.

A posição da empresa tornou-se viral e continua a ser partilhada por diversos utilizadores das redes sociais que não escondem a sua indignação perante a forma como estão a ser tratadas as mulheres portuguesas.

Impala Instagram

Mais

RELACIONADOS