EDPR e Ellaktor juntam-se para projetos eólicos na Grécia no valor de 1.000 ME

A EDP Renováveis e a Ellaktor anunciaram hoje uma parceria para projetos eólicos com capacidade de 900 megawatts, na Grécia, que, segundo a empresa grega, representa um investimento conjunto de 1.000 milhões de euros.

EDPR e Ellaktor juntam-se para projetos eólicos na Grécia no valor de 1.000 ME

EDPR e Ellaktor juntam-se para projetos eólicos na Grécia no valor de 1.000 ME

A EDP Renováveis e a Ellaktor anunciaram hoje uma parceria para projetos eólicos com capacidade de 900 megawatts, na Grécia, que, segundo a empresa grega, representa um investimento conjunto de 1.000 milhões de euros.

De acordo com um comunicado enviado às redações pela EDP Renováveis (EDPR), “este acordo prevê o desenvolvimento conjunto de um portefólio eólico em terra com capacidade de 900 MW, atualmente em diferentes fases de desenvolvimento, num país com perspetivas atrativas em termos de energias renováveis”.

Apesar de a energética portuguesa não avançar com o valor previsto do investimento, a Ellaktor, construtora grega com negócios nas energias renováveis, adiantou, numa nota publicada na sua página da internet, que as empresas estimam investir em conjunto um valor “superior a mil milhões de euros”, se conseguirem executar todos os projetos previstos.

A Ellaktor refere, ainda, que a primeira fase da parceria diz respeito à aquisição e desenvolvimento conjunto pelas duas empresas de “dois complexos de parques eólicos atualmente em desenvolvimento, com capacidade máxima de 436,8 MW, na ilha de Evia”.

As seguintes fases da cooperação, serão, segundo a Ellaktor, implementadas gradualmente, devendo o acordo estar concluído no início de 2021, “com o acerto dos dados técnicos individuais e a assinatura do termo documentos de transação”.

A EDPR – subsidiária do grupo EDP – sublinha, no seu comunicado, que, com esta parceria, “tem acesso a ativos de qualidade já em desenvolvimento e ganha mais visibilidade e potencial de crescimento no mercado grego”.

A empresa portuguesa entrou no mercado de renováveis grego em 2018 e já tem 152MW contratados em leilões eólicos recentes, estando o início das operações marcado para 2021 e 2022.

Com este acordo, a Ellaktor duplica a sua capacidade instalada, que é atualmente de 491MW, segundo a empresa.

MPE // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS