Editora Orfeu Negro nomeada para prémio da Feira do Livro Infantil de Bolonha

A editora portuguesa Orfeu Negro está nomeada para melhor editora europeia pela Feira do Livro Infantil de Bolonha, Itália, que decorrerá em abril, foi hoje anunciado.

Editora Orfeu Negro nomeada para prémio da Feira do Livro Infantil de Bolonha

Editora Orfeu Negro nomeada para prémio da Feira do Livro Infantil de Bolonha

A editora portuguesa Orfeu Negro está nomeada para melhor editora europeia pela Feira do Livro Infantil de Bolonha, Itália, que decorrerá em abril, foi hoje anunciado.

A Orfeu Negro foi fundada em 2007 dedicada sobretudo ao ensaio, privilegiando as artes contemporâneas, da dança à fotografia. No ano seguinte criou a coleção Orfeu Mini só dedicada ao livro ilustrado para os mais novos, e é por esse trabalho literário que está nomeada para os prémios de Bolonha.

Numa década, a Orfeu Negro editou cerca de uma dezena de livros ilustrados, a maioria de autores estrangeiros, com destaque para Oliver Jeffers, John Klassen, Davide Cali, Benjamin Chaud, Ana Pez, Manuel Marsol e Carson Ellis.

Há ainda alguns autores portugueses presentes no catálogo da Orfeu Negro, nomeadamente Catarina Sobral, Madalena Moniz, Carolina Celas e Mariana Malhão.

A Feira do Livro Infantil de Bolonha criou em 2013 um prémio que reconhece o trabalho das mais inovadoras editoras de livros para crianças e jovens, em diferentes áreas geográficas: Europa, África, Ásia, Oceania, América do Norte e América Central e do Sul.

É um prémio não monetário, cujos vencedores são escolhidos pelas editoras que participam na feira de Bolonha, considerada a mais relevante na área da literatura e ilustração para a infância e juventude.

A Orfeu Negro está nomeada como melhor editora europeia juntamente com a Editrice il Castoro (Itália), Jacoby & Stuart GMBH (Alemanha), Liels un Mazs (Letónia) e Etana Editions (Finlândia).

Ao prémio de melhor editora da região da América Central e do Sul está nomeada a brasileira Companhia das Letras.

Em 2013, na primeira edição, o prémio da Europa foi atribuído à editora portuguesa Planeta Tangerina. A Pato Lógico esteve nomeada em 2016.

A 56.ª edição da feira de Bolonha decorrerá de 01 a 04 de abril com um programa extenso de conferências, apresentação de livros, exposições de ilustração, encontros de autores e reuniões de negócios com editoras de todo o mundo.

Este ano a Suíça é o país em destaque.

Anualmente, a feira atribui ainda vários prémios abrangendo, por exemplo, o mercado livreiro e o trabalho criativo dos ilustradores.

SS // MAG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS