Dois lotes de creme cutâneo Basiderma retirados do mercado

A Autoridade Nacional do Medicamento determinou a retirada do mercado de dois lotes do creme para a pele Basiderma, por risco de alergia de contacto e pelos risco para a saúde.

Dois lotes de creme cutâneo Basiderma retirados do mercado

Dois lotes de creme cutâneo Basiderma retirados do mercado

A Autoridade Nacional do Medicamento determinou a retirada do mercado de dois lotes do creme para a pele Basiderma, por risco de alergia de contacto e pelos risco para a saúde.

Em comunicado publicado na sua página da Internet, a Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) indica ter detectado nos lotes 146724 e 146800 do produto cosmético Basiderma pasta cutânea a mistura de conservantes ‘Methylchloroisothiazolinone’ e ‘Methylisothiazolinone’ na sua composição.

«A utilização desta mistura de conservantes em produtos cosméticos não enxaguados é proibida, por poder induzir alergia de contacto e colocar em risco a saúde», esclareceu a Autoridade Nacional do Medicamento.

LEIA MAIS: Está grávida? Não tome este medicamento, pode reduzir o QI do bebé

Por isso, o Infarmed determinou a suspensão imediata da comercialização e a retirada destes lotes do mercado nacional.

O Infarmed salienta que as entidades que disponham de unidades dos lotes indicados não as podem disponibilizar, devendo proceder à sua devolução.

Na nota, a autoridade salienta ainda que os consumidores que possuam alguma unidade dos lotes indicados não a devem utilizar.

LEIA MAIS: ASAE desativa 80 sites que vendiam produtos falsos

A Basiderma é uma pasta cutânea que acalma e protege a pele, estando indicada na prevenção de assaduras provocada pelo uso de fraldas.

 

Texto: Vítor Miguel Gonçalves | WIN

 

Impala Instagram


RELACIONADOS