Dezenas de artistas lusófonos representados em exposição itinerante em Berlim

A exposição itinerante “Territórios: da liberdade e da diversidade”, organizada no contexto da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, reúne, em Berlim, obras de mais de 30 artistas lusófonos.

Dezenas de artistas lusófonos representados em exposição itinerante em Berlim

Dezenas de artistas lusófonos representados em exposição itinerante em Berlim

A exposição itinerante “Territórios: da liberdade e da diversidade”, organizada no contexto da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, reúne, em Berlim, obras de mais de 30 artistas lusófonos.

Abraão Vicente, Alice Geirinhas, Ana Telhado, António Júlio Duarte, Carlos Bunga, Célia Domingues, Délio Jasse, Ding Musa, Felipe Barbosa, Fernanda Fragateiro, Francisco Vidal, Gonçalo Mabunda, Ihosvanny, Inês Gonçalves, João Pedro Vale são alguns dos artistas representados na exposição organizada pela Embaixada de Portugal na Alemanha, Camões Berlim e Fundação PLMJ.

Fazem também parte obras de Jorge Dias, Kester, Kiluanji Kia Henda, Leonor Antunes, Lino Damião, Luísa Cunha, Maimuna Adam, Margarida Gouveia, Mário Macilau, Mauro Pinto, Mónica de Miranda, Mudaulane, Nú Barreto, Nuno Ramalho, Paulo Kapela, Pinto, RitaGT, Rosana Ricalde, Sara & André, Susana Gaudêncio e Yonamine.

De acordo com o Camões Berlim, foi criado “um itinerário expositivo nas representações de países de língua portuguesa em Berlim” com obras pertencentes à coleção Fundação PLMJ.

A exposição, com a curadoria de João Silvério, é organizada em colaboração com as embaixadas de Angola, Brasil, Cabo Verde e Moçambique em Berlim.

“Territórios: da liberdade e da diversidade” pode ser visitada a partir do dia 16 de junho até 27 de agosto, estando garantidas as regras sanitárias estabelecidas pelo Senado de Berlim.

JYD // MAG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS